São Bento 02

Vereador reclama de corte de salário e fica sem apoio dos colegas da base

compartilhe:

De Olho – 10/01/2019

DE OLHO

Encontro no Diário MS

O presidente da Câmara de Dourados, Alan Guedes (DEM), e o secretário municipal de Governo, Celso Schuch, se encontraram casualmente no Diário MS, no início da noite de anteontem. Os dois faziam visita informal ao jornal e, diante do encontro inesperado, aproveitaram para conversar um pouquinho sobre suas novas funções.

Pedestres

Apesar da obra de recapeamento das quatro principais avenidas de Dourados não ter terminado, nas partes onde está tudo em ordem foram pintadas faixas de pedestres. Agora, é preciso educar pedestres, motoristas, ciclistas e motociclistas, mostrando a eles a utilidade das faixas. Em rápida circulada pelo centro é possível comprovar o quanto as pessoas não respeitam as regras de trânsito. Isso é realmente uma vergonha!

Indignação

Vereador da base de apoio da administração municipal na Câmara de Dourados está indignado com o comportamento de alguns colegas de seu grupo. O moço sente que a desunião impera e que o conjunto só reina quando há alguma ordem superior.

Indignação, ainda

Nos últimos dias, ele vem questionando os colegas a respeito do corte salarial que sofreram em função de terem se ausentado das sessões extraordinárias convocadas para eleição da Mesa Diretora, no mês passado.

Mais indignação

Conforme diz a lei, a então presidente Daniela Hall (PSD) determinou o corte nos salários dos vereadores que não compareceram às tais sessões. Agora, pelo visto, o din-din está fazendo falta no bolso dos faltosos.

Haja indignação

O vereador disse à coluna que não compareceu às sessões porque seguiu as instruções do líder da prefeita na Câmara. O edil chegou a questionar os demais colegas sobre a situação, mas não obteve apoio deles. Por essas e por outras, ele garante que irá “tirar o time de campo”.

Infraestrutura

A vereadora Lia Nogueira (PR) agou rápido ontem durante entrevista do secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith, à rede FM Cidade, na qual ela trabalha em Dourados. No estúdio da emissora em Campo Grande, Murilo falou sobre as expectativas em sua pasta, que acumula junto ao cargo de vice-governador.

Asfalto

Murilo falava sobre obra realizada pelo governo estadual para recapear importantes avenidas de Dourados e que está com diversos trechos interrompidos. Foi aí que a novata vereadora entrou em ação, aproveitando o telefonema de uma ouvinte.

Sem asfalto

A ouvinte reclamou que o recapeamento da avenida Marcelino Pires, a principal de Dourados, está parado e citou a situação caótica do trecho entre o Ubiratan até o Monumento ao Colono. Lia aproveitou a reclamação e ‘cobrou’ o secretário estadual, que ficou de dar uma resposta aos ouvintes.

Com asfalto

No período da tarde, Murilo telefonou para a vereadora-radialista garantindo que a obra será retomada, com recursos da Agesul, muito em breve. Lia, claro, ficou toda empolgada e já foi logo para o trecho citado tirar algumas fotos junto aos buracos e postar em rede social.

Condenação

Condenado pela Justiça a pagar multa de R$ 295 mil e a prestar serviços à comunidade, o deputado eleito Alexandre Frota (PSL-SP) publicou ontem nas redes sociais vídeo em que debocha da pena imposta pela juíza federal Adriana Freisleben de Zanetti. Frota foi condenado por injúria e difamação devido a declarações feitas contra o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ).

Condenação, ainda

A juíza determinou que ele picote papéis que não são mais úteis à Justiça no fórum mais próximo de sua residência, na capital paulista. No vídeo, ao som de uma versão instrumental de Hey Jude, dos Beatles, o ator aparece inicialmente rindo. Depois finge chorar, enquanto corta tiras de papel. Na legenda, o deputado eleito brinca com a condenação: “Alexandre Frota começa a pagar sua pena”.

Haja condenação

Ator, inclusive de filmes pornográficos, Alexandre Frota disse que irá recorrer da condenação por entender que há um cerceamento à sua liberdade de expressão. As informações são do Congresso em Foco.

Desdobramento

No maior quieto, houve movimentação policial ontem de manhã em Dourados. Foi um desdobramento de operação política que abalou a cidade no ano passado.

Cemitério

Leitora do Diário MS está reclamando do mato que está tomando conta do cemitério Santo Antonio de Paula, o principal de Dourados. Ela foi visitar o túmulo de um familiar e disse ter encontrado o local bem abandonado. A leitora fez algumas fotos e enviou ao WhatsApp do Diário MS (9.9108.7473).

Leia também…

1- Apoiador está cobrando fatura de grupo que perdeu eleição em Câmara

2- Usando qualquer cor, coluna deseja que políticos esqueçam seus umbigos

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS