Banner São Bento

Vereador Cirilo Ramão permanece preso no 1º DP de Dourados

compartilhe:

Indiciado na Operação Cifra Negra, que investiga crime de corrupção na Câmara de Dourados, o vereador-afastado Cirilo Ramão (MDB) passou o final de semana numa cela do 1º Distrito Policial.
Ele se entregou na noite de sexta-feira, na delegacia da Polícia Civil. Mas já no finalzinho da tarde daquele dia, a PC solicitou uma vaga para encaminhar o vereador para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

A volta de Cirilo à prisão foi decretada pelo juiz da 1ª Vara Criminal Luiz Alberto de Moura Filho a pedido do Ministério Público Estadual na mesma sexta-feira. A expectativa é que ele seja levado de volta para a PED nesta segunda-feira.

Cirilo Ramão – juntamente com os colegas Idenor Machado (PSDB) e Pedro Pepa (DEM) – está afastado do mandato desde 5 de dezembro. Ele é acusado de descumprir medidas cautelares impostas no habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça de MS.

Mesmo com a proibição de sair de casa após as 18 horas, Cirilo Ramão esteve na sede da Câmara numa noite de sábado. Ele tentou entrar no prédio, mas foi impedido pelo vigia. Câmeras de segurança registraram a presença dele no portão lateral.

Foto: Divulgação

Fercical
Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS