Presidente do Hospital de Amor defende investimento na prevenção

Fábrica em Rio Brilhante

Será inaugurada sábado em Rio Brilhante a nova unidade fabril da Hinove Agrociência voltada para a produção de fertilizantes sólidos e líquidos. Com investimentos de R$ 25 milhões e ocupando uma área total de 100 mil m2, a fábrica terá uma capacidade produtiva anual de 400 mil toneladas de fertilizantes líquidos e outras 400 mil toneladas de fertilizantes sólidos.

Dia da gentileza

Hoje é comemorado o Dia Mundial da Gentileza, data cujo objetivo é promover a reflexão sobre as pequenas atitudes de gentileza que podem fazer uma grande diferença no cotidiano das pessoas, especialmente no ambiente de trabalho. Pesquisas revelam que pessoas gentis vivem mais e melhor. Hoje, portanto, é o dia ideal para ceder lugar para o idoso, de dar a preferência para alguém no trânsito, de abrir a porta do elevador para um vizinho. Só é bom lembrar que gentileza não precisa de data certa para ocorrer, ok??

 

Repúdio

O presidente do Clube de Imprensa de Dourados, Thiago Wesley Pereira, divulgou ontem de manhã uma Nota de Repúdio à atuação de funcionário da empresa CCR MSVia aos profissionais da imprensa que faziam cobertura na BR 163.

Repúdio, ainda

Na tarde de segunda-feira aconteceu um acidente naquela rodovia federal, perto da unidade da Embrapa localizada em Dourados, o que levou diversos profissionais da mídia até o local. Só que um funcionário da concessionária teria impedido o acesso do pessoal até próximo ao acidente, o que gerou a nota.

Mais repúdio

A nota do CIB é dirigida à CCR MSVia e à sociedade douradense e “repudia a atitude de funcionário de tentar cercear o trabalho de profissionais da imprensa” durante cobertura do tal acidente. “A atitude ríspida do colaborador da CCR contra profissionais da imprensa é inadmissível”, diz a nota.

Repúdio, censura

Assim, o CID “se solidariza com os repórteres Oswaldo Duarte, Cido Costa, Sidnei Bronka e Adilson Domingos e reafirma que é contrário a qualquer tipo de censura ao jornalismo por entender que só com uma imprensa livre a sociedade pode ser mais justa”.

No plenário

Como revelou reportagem publicada na edição de ontem deste jornal, os três vereadores de Dourados que estavam temerosos em ficar lado a lado no plenário durante sessão ordinária, bateram ponto na noite de segunda-feira.

No plenário, ainda

Dessa forma, Pastor Cirilo Ramão (MDB), Pedro Pepa (DEM) e Idenor Machado (PSDB) estiveram juntos pela primeira vez desde que a justiça determinou que reassumissem as cadeiras.

Na AL

A Frente Parlamentar para a Regularização Fundiária promove hoje a terceira reunião do ano. O evento, proposto pelo coordenador do grupo de trabalho, deputado Renato Câmara (MDB), será realizado a partir das 14h, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara da Assembleia Legislativa. A reunião é aberta ao público.

Amor

O discurso de Henrique Prata, presidente do Hospital de Amor de Barretos (SP), no final da manhã de segunda-feira em Dourados, merece um destaque todo especial. Ele fez longo e forte desabafo sobre a saúde no Brasil e e, em especial, sobre as pessoas (e seus familiares) que são acometidas pelo câncer.

Amor, ainda

Para o auditório do Sindicato Rural totalmente lotado, Prata falou durante cerca de 25 minutos. Foi ouvido atentamente, gerando silêncio quase absoluto. Ao final, foi aplaudido de pé, dando a crer que o público concordava com o que ele disse.

Amor, vontade

Henrique Prata se dedica há 31 anos ao Hospital de Barretos, que foi iniciado por seu pai. E de cara indagou: o que move a vontade de sair por aí salvando vidas? Fazendeiro, destina a maior parte de seu tempo a angariar fundos para manter um centro de referência no combate e tratamento ao câncer.

Amor, SUS

Para ele, o SUS (Sistema Único de Saúde) é um dos melhores programas de saúde do planeta, mas lamentou que não funciona no Brasil por causa de falcatruas e propinas. Disse que a medicina privada ‘é o maior problema’ da saúde no país.

Amor, despertar

Henrique Prata deixou claro que, diante do custo para salvar vidas de pessoas com câncer, é fundamental que se faça investimento na prevenção. “É preciso despertar a consciência da sociedade”, disse.

Amor, família

Frisou que o melhor tratamento do câncer é descobrir a doença antes que ela se instale. “O câncer arrebenta a estrutura familiar”, alertou fortemente.

Amor, unidade

A unidade móvel que foi entregue naquele dia, em seu entendimento, abre a possibilidade de levar a chance de cura para as mulheres.

Amor, prevenção

Entre críticas à classe política e aos governantes das mais diferentes esferas de poder, Henrique Prata reforçou a necessidade da prevenção e que essa deve ser a meta principal da sociedade que se organiza voluntariamente. Como está acontecendo em Dourados.