Banner São Bento

PMA prende e autua em R$ 4,8 pescador profissional pescando com 16 redes de pesca, medindo 1.000 metros

compartilhe:
Divulgação PMA

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Naviraí realizava fiscalização no município nesta quinta-feira (12) no rio Amambai, nas proximidades da ponte da BR 163 e prendeu um pescador profissional por pesca predatória. Ele estava em uma embarcação onde foram encontradas 16 redes de pesca, medindo 1.000 metros. O autuado começava a pescaria e só havia capturado dois peixes, pesando 2 kg. O pescado foi apreendido, juntamente com o barco, motor de popa e as redes de pesca. Um peixe da espécie cascudo estava vivo e foi devolvido ao rio.

O pescador profissional, de 49 anos, residente em Naviraí, recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil daquela cidade, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de prisão. O pescador foi multado administrativamente em R$ 4.800,00.

Prisão deste tipo indica a necessidade de fiscalização preventiva 24 horas nos rios, pois se esse elemento tivesse mais tempo e encontrasse um cardume, o dizimaria rapidamente com essa quantidade de redes, petrecho que tem alto poder de captura.

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS