• Início
  • Notícias
  • Palmeiras vence Santos e assume liderança isolada do Brasileirão

Willian entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória verde no Allianz Parque

Palmeiras vence Santos e assume liderança isolada do Brasileirão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Verdão fez 3 a 2 no Allianz Parque e foi beneficiado por empate entre Athletico e RB Bragantino
 
O Palmeiras agora está sozinho na liderança do Campeonato Brasileiro. Abrindo a 11ª rodada, neste sábado (10) em São Paulo, o Verdão recebeu o Santos e venceu por 3 a 2. Gustavo Gómez, Breno Lopes e Willian marcaram para o time da Capital, enquanto Sánchez e Marinho, ambos cobrando pênalti, descontaram para o time praiano (veja abaixo). A partida marcou a volta de Dudu ao Palmeiras. Ainda sem ritmo, o agora camisa 43 entrou nos minutos finais.
 
Para ajudar, Athletico-PR e Red Bull Bragantino-SP empataram em 2 a 2 na Arena da Baixada, em Curitiba. Com a combinação dos resultados, o Palmeiras, agora com cinco vitórias seguidas, lidera com 25 pontos, abrindo dois sobre o Bragantino, segundo, e três de vantagem para o Furacão, terceiro. 
 
O Jogo
 
A partida no Allianz Parque começou com o Santos tendo mais posse de bola, mas com o Palmeiras criando as melhores chances de gol no clássico. Gustavo Scarpa e Deyverson levaram perigo nos primeiros minutos. E, aos 18, o Verdão abriu o placar. Scarpa cobrou escanteio, João Paulo saiu em falso e Gustavo Gómez aproveitou para cabecear para o fundo das redes. Três minutos depois, Breno Lopes tabelou com Raphael Veiga, que devolveu para o atacante mandar uma pancada de pé direito para ampliar a vantagem palmeirense, 2 a 0. O Peixe seguiu com a posse de bola, mas só assustou em cabeçada de Marinho, aos 28, que foi para fora.
 
Na volta do intervalo, o Palmeiras seguiu mais ofensivo e fez o goleiro João Paulo trabalhar logo nos primeiros minutos, quando defendeu os chutes de Raphael Veiga e Deyverson. Aos poucos, o Santos passou a equilibrar as ações e chegar mais ao campo adversário, mas ainda sem incomodar muito. Até que, aos 22 minutos, Marcos Rocha derrubou Carlos Sánchez dentro da área, e o próprio meia cobrou o pênalti para descontar para o Peixe e fazer 2 a 1. 
 
O Peixe passou a apertar em busca do empate, enquanto o Verdão encontrou dificuldades para sair jogando, mas foi administrando a vantagem. Nos instantes finais, mais dois gols. Aos 38, Willian aproveitou cruzamento de Marcos Rocha aos 38 e tocou para o fundo do gol para fazer o terceiro do Verdão. E, já nos acréscimos, Marinho converteu pênalti para o Santos e fechou o placar em 3 a 2.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados