Ceni deixa o Flamengo na zona intermediária da classificação no Campeonato Brasileiro

Rogério Ceni é demitido do Flamengo durante a madrugada

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Alexandre Vidal/CR Flamengo
Técnico não resistiu aos últimos resultados e às pressões internas do clube
 
Rogério Ceni não resistiu às pressões internas do Flamengo para que seu trabalho no comando do time fosse interrompido. Na madrugada desta sexta-feira para o sábado (10) o clube comunicou oficialmente a demissão do treinador em uma postagem na conta de twitter oficial do clube às 1h46 (MS). Favorito de diretores e dos torcedores e livre no mercado desde que deixou o Grêmio em 15 de abril, Renato Portaluppi deve ser o primeiro nome a ser procurado.
 
A postagem se limita apenas a saída de Ceni. “O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni à frente do time principal. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios. No jogo contra a Chapecoense, a equipe será comandada por Maurício Souza”, diz a nota, na integra. 
 
Derrotas e áudio com críticas
 
A situação de Rogério Ceni no Flamengo era, no mínimo, desconfortável nas últimas semanas. O técnico foi contratado em novembro e seu trabalho passou a ser questionado pouco depois por parte, à princípio pequena, da torcida e diretoria. Nem o título do Campeonato Brasileiro e depois do Campeonato Carioca deu tranquilidade para o treinador. 
 
Na Libertadores, o Flamengo passou sem grandes sustos pela primeira fase, mas no Campeonato Brasileiro o time patina e os últimos resultados fizeram a crise interna do clube vir à tona. Três derrotas nos últimos quatro jogos – Juventude-RS, Fluminense e Atlético-MG – e modesta 12ª posição, apesar de ter dois jogos atrasados a seres realizados. 
 
Em sua última entrevista coletiva, após a derrota para o Galo na quarta-feira, Ceni disse entender as críticas, mas ressaltou que se tratou do nono jogo seguido com desfalques importantes, cedidos para seleções. Porém, durante essa sexta, um áudio do analista de scout Roberto Drummond criticando ações internas de Ceni expôs o ambiente dentro da própria comissão técnica. Após reuniões durante a noite, a saída do técnico foi definida.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados