• Início
  • Notícias
  • Com 10, Palmeiras marca no fim e vence Internacional em Porto Alegre

Danilo marcou o segundo gol verde em PoA, enquanto Deyverson (16) o primeiro

Com 10, Palmeiras marca no fim e vence Internacional em Porto Alegre

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Vitória manteve o Verdão na terceira posição, atrás de Red Bull Bragantino e junto com Athletico-PR
 
O Palmeiras conquistou uma vitória para lá de comemorada no Campeonato Brasileiro. Pela oitava rodada, nesta quarta-feira (30), o Verdão foi à Porto Alegre, saiu na frente do Internacional com Deyverson, teve um jogador expulso no lance em que originou o empate com Edenilson e, nos acréscimos, marcou o gol da vitória por 2 a 1 com Danilo (veja abaixo).
 
A vitória na capital gaúcha, onde o Palmeiras não vencia desde 2016, manteve a terceira posição, agora com 16 pontos, junto com o Athletico-PR, mas em desvantagem no saldo de gols. O Inter segue com nove pontos, na 13ª posição. 
 
O jogo
 
Apesar do jogo no Estádio Beira-Rio, foi o Palmeiras que buscou o ataque no início. Aos quatro minutos, Breno Lopes levou perigo em chute cruzado. E, aos nove, Raphael Veiga aproveitou uma sobra na entrada da área, bateu de primeira e Deyverson fez o desvio providencial para abrir o placar. Tentando uma resposta rápida, o Inter assustou em cabeçada de Caio Vidal.
 
O Verdão manteve o controle das ações durante a primeira metade da etapa inicial. A partir daí, o time da casa apareceu mais no setor ofensivo, mas esbarrou na falta de criatividade. Yuri Alberto, aos 24, e Edenílson, aos 34, até tentaram, mas pararam no goleiro Jailson.
 
Depois do intervalo, o jogo reiniciou em ritmo acelerado. Yuri Alberto quase marcou para o Inter, aos dez. Enquanto Kuscevic e Raphael Veiga tiveram chances para o Verdão. Já aos 15, com o auxílio do VAR a arbitragem assinalou pênalti para o time da casa e mostrou o cartão vermelho para Kuscevic. Na cobrança, Edenílson deslocou Jailson para deixar tudo igual.
 
Nos minutos seguintes, o jogo esfriou, mas voltou a esquentar nos instantes finais. Em rápido contra-ataque, Deyverson por pouco não marcou o segundo dele para o Palmeiras. Do lado colorado, Yuri Alberto novamente chegou com perigo e de novo Jailson fez a defesa. Até que, aos 43 minutos, mesmo com um a menos, o Alviverde sacramentou a vitória, após mais um contra-ataque que dessa vez terminou com o desvio certeiro de Danilo, fechando o placar em 2 a 1.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados