Pabllo Vittar fala sobre homofobia nas redes

Pabllo Vittar falou, em entrevista a GQ Brasil, sobre homofobia
 
 
Em entrevista a GQ Brasil, Pabllo Vittar falou sobre mudanças em sua vida com a fama, inclusiva na forma em que sofre homofobia.
 
Ela afirmou que a violência nas ruas diminuiu, mas na web, aumentou:  “Posso dizer que as batalhas e o tipo de violência mudam quando ficamos famosas. Não sofro mais tanta violência nas ruas, mas, no online, aumentou”.
 
“No começo, isso me impactava muito, hoje aprendi a apenas ignorar tais ataques e passei a entender que um ataque de ódio diz muito mais sobre quem ataca do que sobre quem é atacado”, disse a cantora.
 
No entanto, Pabllo Vittar frisou que a sua experiência é diferente, já que sempre teve apoio da família em relação a sua forma de atração afetiva.
 
“Mas não posso comparar as minhas batalhas pessoais hoje com a de pessoas que, além de toda a homofobia que é gigantesca no Brasil, enfrentam a fome, a falta de estrutura e apoio governamental e milhões de outros fatores terríveis”, continuou.
 
Sobre ter sido aceita facilmente pela família, a cantora disse: “Infelizmente, não é uma realidade para a grande maioria das pessoas e para mudar isso, precisamos falar, desconstruir ideias há muito tempo enraizadas”, declarou.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados