• Início
  • Notícias
  • Sergio Perez aproveita problemas com favoritos e vence GP do Azerbaijão

Hamilton passa reto após relargada e deixa pista livre para Sergio Pérez vencer em Baku

Sergio Perez aproveita problemas com favoritos e vence GP do Azerbaijão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Fórmula 1
Verstappen teve pneu estourado, Hamilton errou em relargada e ficaram fora da zona de classificação
 
Em uma corrida para lá de imprevisível, o mexicano Sergio Pérez, da Red Bull Racing, venceu o Grande Prêmio do Azerbaijão de Fórmula 1. Favoritos, Max Verstappen, também da RBR, e Lewis Hamilton, da Mercedes, erraram nas últimas voltas e não pontuaram na prova deste domingo (6), em Baku. O resultado manteve os dois nas primeiras posições na classificação, com vantagem para o holandês – 105 a 101 pontos. Pérez agora tem 69 pontos e é o terceiro colocado, na frente de Norris, da McLaren e Bottas, da Mercedes.
 
A definição da prova ficou para as últimas voltas. Primeiro com Max Verstappen, que liderava, tendo um pneu estourado, batendo no muro faltando cinco voltas para receber a bandeirada. O acidente provocou a paralisação da prova, com nova largada para três voltas. Hamilton largou bem e tentou a ultrapassagem em cima de Pérez na primeira curva, mas acabou passando reto e ficou fora da zona de pontos, terminando em último entre os que completaram a prova. Sebastian Vettel, da Aston Martin, ficou em segundo lugar, enquanto Pierre Gasly, da AlphaTauri, completou o pódio.
 
Após a vitória, Pérez lamentou o fim do companheiro de equipe, que poderia abrir ainda mais vantagem na liderança, mas disse que essa é uma das características da prova no Azerbaijão. “Estou muito, muito feliz por hoje. Normalmente Baku é muito louco. Sinto muito por Max porque ele fez uma corrida incrível. Ele realmente mereceu a vitória", disse o mexicano da RBR.
 
A próxima etapa do calendário 2021 acontece no dia 20 de junho, com o Grande Pr~emio da França, no circuito de Paul Ricard. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados