• Início
  • Notícias
  • Corinthians volta a perder para o Atlético-GO, agora pela Copa do Brasil

Atlético aproveitou dois ataques no início do jogo para marcar os gols da vitória em São Paulo

Corinthians volta a perder para o Atlético-GO, agora pela Copa do Brasil

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Corinthians
Dragão fez 2 a 0 na Neo Química Arena e leva boa vantagem para volta em Goiânia
 
Enfrentar o Atlético-GO não tem sido uma boa ideia para o Corinthians. Depois de perder na estreia do Campeonato Brasileiro por 1 a 0, o Timão voltou a enfrentar o Dragão, agora pela Copa do Brasil, e o resultado não foi diferente: derrota por 2 a 0, gols de Ronaldo e João Paulo ainda no início do jogo em São Paulo (veja abaixo)
 
Com o resultado do jogo de ida, a equipe goiana vai para o confronto da volta com boa vantagem em busca da vaga nas oitavas de final. O Atlético pode empatar e até perder por um gol de diferença que avança. Já o Corinthians leva a decisão para os pênaltis se igualar o saldo de gols ou se classifica direto se vencer por três ou mais gols de diferença. Os times voltam a se enfrentar no dia 9, em Goiânia.
 
Gols
 
Mesmo na Neo Química Arena, o Atlético não se intimidou e começou a partida controlando as ações diante do Corinthians. Zé Roberto levou perigo logo nos minutos iniciais. E, aos nove, o Dragão abriu o placar. João Paulo recebeu o passe e tocou em profundidade para Dudu, que chegou na linha de fundo e cruzou na medida para Ronaldo só escorar para o fundo das redes: 1 a 0. Com mais posse de bola e passando com facilidade pela defesa alvinegra, o time goiano ampliou na marca dos 19. Em contra-ataque fulminante, Raul Gustavo tentou a finalização de longe, mas foi bloqueado. Na sobra, Ronald arrancou pela direita e cruzou na medida para João Paulo bater de primeira e fazer 2 a 0.
 
O Corinthians teve chances de marcar em cabeçadas de Mateus Vital e Araos, que foram parados em defesas de Fernando Miguel. Para piorar, o time paulista ficou com dez jogadores no segundo tempo com a expulsão do lateral Fágner. Com o cenário ainda mais favorável, o Dragão foi administrando o resultado e ainda chegou perto de ampliar antes do apito final. Em uma chance com Pablo Dyego, parado em defesa de Cássio, e outra com Lucão, que acertou o travessão, mas o placar do primeiro tempo foi definitivo.
 
Outros jogos
 
Ainda pela rodada de ida da terceira fase, a Chapecoense-SC venceu o ABC-RN na Arena Condá por 3 a 1. Em Porto Alegre, o Grêmio bateu o Brasiliense-DF por 2 a 0, mesmo placar da vitória do Atlético-MG sobre o Remo-PA, em Belém, e do Fluminense sobre o Red Bull Bragantino-SP no Maracanã. América-MG e Criciúma empataram sem gols em Belo Horitonte e empate também no clássico entre Fortaleza-CE e Ceará-CE, em 1 a 1. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados