• Início
  • Notícias
  • Daya Luz conta como surgiu o hit Ao Som do Drake, seu novo lançamento

Daya Luz conta como surgiu o hit Ao Som do Drake, seu novo lançamento

Quando Daya Luz começou a fazer a divulgação de seu novo single, Ao Som do Drake, muita gente ficou curiosa. A estratégia de usar o nome do rapper canadense no título da canção deu certo, e tornou esse lançamento muito mais atrativo para o público. Muita gente pensou que era um feat com o Drake, aponta Daya. A realidade, porém, era tão empolgante quanto: uma música dançante e cheia de energia, feita para o momento em que estamos vivendo e totalmente voltada para as redes sociais, que foram invadidas pelos trends e challenges.
 
Drake de Daya na faixa foi o grande DJ Guuga, responsável pelo sucesso O Grave Faz Tum, que viralizou no Tik Tok (inclusive entre famosos como Larissa Manoela e Isis Valverde). Daya, que já vinha de uma parceria bem sucedida com Pepita, entregou que se preocupa muito com as suas colaborações. É algo que vai ficar para sempre com o meu nome, explica a cantora. Entretanto, trabalhar com Guuga só deixou o lançamento ainda melhor, já que o DJ se atentou a escrever algo que fizesse sentido com o que a artista já tinha preparado. Isso só ajudou a levantar o clima do single, que promete agitar os finais de semana de muita gente por aí.
 
A coreografia, pensada especialmente nesses challenges para as redes sociais, é bastante simples e fácil de fazer. Embora o objetivo seja atingir esse resultado viral, Daya quis que todo mundo pudesse reproduzir os passos da canção. E caso você não consiga logo de cara, com certeza pode acompanhar os vídeos da própria estrela nas redes sociais - dizer que Daya dança muito é pouco perto do que ela pode fazer.
 
Eclética, Daya ainda sonha em fazer parcerias com Anitta, Luísa Sonza, Pabllo Vittar e diversos nomes do pop brasileiro. Inclusive, ela promete muitos lançamentos e colaborações para este ano, já que ficou um tempinho sem novidades justamente para se organizar e voltar com tudo em 2021. E você já pode até esperar por estilos musicais variados, viu? O diferencial de Daya é justamente esse: a versatilidade. 
 
Agora, imagina se esse lançamento chega até Drake? Tudo é possível, afirma Daya, com otimismo. Para ela, seria um reconhecimento importantíssimo e a realização de um sonho - mas sua equipe já tenta tornar isso possível, marcando o rapper nas redes sociais e buscando a atenção dele de alguma forma. 
 
Vale lembrar que o músico parece gostar (e muito!) do Brasil, já que até gravou o remix de Ela É do Tipo, do MC Kevin o Chris. Vai que Daya tem um pouquinho de sorte, não é?
 
O início
Apesar de ter morado em uma comunidade da zona sul de São Paulo, Daya nunca passou por dificuldades e sempre teve tudo o que precisava. Porém, seus pais não acreditavam em uma carreira próxima ao estrelato, justamente por conta da origem humilde. Mesmo assim, ela fez questão de investir no seu sonho e chegou até o palco do Domingão do Faustão.
 
 
Foi no Domingão onde ela viu o seu mundo se transformar: Daya conheceu pessoas e artistas que viraram tudo de cabeça para baixo. Com muito esforço, a estrela se profissionalizou na dança, algo que está atrelado a sua música desde o começo. Por isso, a artista é muito grata ao programa - e mais ainda por ter retornado, anos depois, como cantora, onde apresentou a música Depois Não Chora.
 
Confira:

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados