• Início
  • Notícias
  • Flamengo vira sobre o Vélez Sarsfield e começa Libertadores com vitória

Flamengo teve força para superar o placar adverso e buscar a vitória na Argentina

Flamengo vira sobre o Vélez Sarsfield e começa Libertadores com vitória

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Marcelo Cortes/CR Flamengo
Argentinos sairam na frente, mas Arão, Gabriel e Arrascaeta, com um golaço, deram a vitória ao Mengão
 
Virada do Flamengo na estreia da Libertadores. Em Buenos Aires, nesta terça-feira (20), o Mengão visitou o Vélez Sarsfield-ARG, saiu perdendo, mas buscou a vitória por 3 a 2, com Willian Arão, Gabriel e Arrascaeta marcando os gols brasileiros (veja abaixo), e largou na frente no Grupo G. 
 
A primeira rodada na chave tem sequência nesta quarta-feira (21), às 22h (MS), com o duelo entre Unión La Calera-CHI e LDU-EQU, na região da chilena Valparaíso. O La Calera será o próximo adversário dos cariocas pela competição sul-americana, na próxima terça-feira (27), às 18h15 (MS), no Maracanã.
 
O Jogo
 
Apesar do Flamengo iniciar o duelo marcando presença no campo adversário, foi o Vélez quem saiu na frente, logo no primeiro contra-ataque que teve. Aos 20 minutos, Lucas Janson abriu para o também atacante Juan Lucero pela esquerda. Ele escapou do zagueiro Gustavo Henrique e devolveu para Janson, na marca do pênalti, abrir o placar. O empate veio aos 42 minutos. Na sobra de um escanteio, o volante Gerson encontrou William Arão livre na área. O zagueiro finalizou e deixou tudo igual.
 
O Vélez voltou melhor do intervalo e chegou ao segundo gol aos oito minutos. O volante Pablo Galdámes bateu escanteio na área, Gianetti desviou de cabeça e Janson, na pequena área, livre e em posição legal, concluiu para o gol. A resposta veio aos 14, quando Gabriel foi derrubado na área pelo goleiro Lucas Hoyos. O próprio atacante cobrou o pênalti e empatou. Quatro minutos depois, quase veio a virada em chute cruzado do meia Giorgian de Arrascaeta, perto da pequena área, à direita do gol.
 
O Rubro-Negro insistiu. Aos 30, Arrascaeta lançou Gabriel, que parou em grande defesa de Hoyos, que fechou o ângulo do atacante. Aos 34, veio enfim a virada: Arrascaeta acertou um belíssimo chute com a canhota, de fora da área, no ângulo de Hoyos. A missão dos anfitriões, que já estava difícil, ficou quase inviável aos 40, após o volante Federico Mancuello, ex-Flamengo e que tinha entrado em campo um minuto antes, ser expulso por falta dura em Gabriel.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados