• Início
  • Notícias
  • Paulo Gustavo: novo boletim médico diz que estado do ator é ‘crítico’

Paulo Gustavo: novo boletim médico diz que estado do ator é ‘crítico’

Na tarde deste domingo (11), foi divulgado o novo boletim médico de Paulo Gustavointernado com covid-19 em um hospital do Rio de Janeiro. O comunicado, publicado nas redes sociais de Thales Bretas, marido do humorista, diz que o famoso “apresenta sinais de gravidade”.
 
Paulo está internado desde 13 de março. Na noite da última sexta-feira (9), um boletim médico do ator dizia que o artista passou por um procedimento após a descoberta de uma “fístula bronco-pleural”, que dificulta a passagem de ar no organismo.
 
O novo boletim divulgado neste domingo diz que as fístulas bronco-pleurais “somaram-se a complicações hemorrágicas, mas que vêm respondendo, de certa forma satisfatória, à reposição dos fatores da coagulação deficitários”.
 
Confira abaixo o comunicado na íntegra:
Internado desde 13 de Março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo segue em terapia intensiva e apresenta sinais de gravidade. As diversas complicações pulmonares já demandaram procedimentos invasivos como broncoscopias, pleuroscopias e colocação de dispositivos intrapulmonares.
 
Hoje, a equipe médica esclarece que: “Às fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas, mas que vêm respondendo, de certa forma satisfatória, à reposição dos fatores da coagulação deficitários.
 
A situação clínica do paciente é crítica e todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação. Todos os equipamentos necessários para o suporte da vida, como a ventilação mecânica e a ECMO continuam sendo necessários”.
 
A família do ator agradece todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus. Sigamos com fé e pensamento positivo porque Paulo é muito guerreiro e Deus está do nosso lado! Amém.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados