• Início
  • Notícias
  • Nos pênaltis, Flamengo vence Palmeiras e leva o bi na Supercopa do Brasil

Flamengo teve melhor aproveitamento em uma disputa emocionante de pênaltis

Nos pênaltis, Flamengo vence Palmeiras e leva o bi na Supercopa do Brasil

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Depois de 2 a 2, goleiro Diego Alves brilha com quatro defesas na vitória por 6 a 5
 
O primeiro título da temporada 2021 do futebol brasileiro é rubro-negro. Neste domingo (11), em Brasília, o Flamengo venceu nos pênaltis a disputa com o Palmeiras pela Supercopa do Brasil. Depois de um empate cheio de emoção em 2 a 2 no tempo normal, gols de Gabriel e Arrascaeta, Raphael Veiga marcando duas vezes para o Verdão, o Mengo venceu no desempate por 6 a 5, com o goleiro Diego Alves brilhando com defesas decisivas (veja abaixo).
 
O jogo
 
O jogo entre o Flamengo, campeão do Brasileirão, e o Palmeiras, que venceu a Copa do Brasil, começou quente e, logo no primeiro minuto, o Verdão abriu o placar com Raphael Veiga. Felipe Melo interceptou o chute do goleiro Diego Alves e encontrou o camisa 23, que se livrou da marcação com maestria e fez um belo gol no estádio Mané Garrincha. Aos 17, o Alviverde teve a chance de ampliar com Rony, que chutou cruzado para defesa do goleiro rubro-negro. O Fla respondeu, aos 20, em boa trama de Isla, Bruno Henrique e Arrascaeta. O uruguaio ficou livre na área e chutou por cima do gol.
 
O empate do Mengão aconteceu aos 22, com Gabriel Barbosa. Filipe Luís fez grande jogada individual dentro da área e chutou na trave. Na sobra, o artilheiro Rubro-Negro no século balançou as redes. Com a partida mais intensa após a igualdade, o Alviverde fez uma ronda na zaga rubro-negra, aos 28, iniciada com Breno Lopes. O atacante driblou o goleiro do Fla e bateu cruzado. O meia Diego Ribas interceptou o chute. Um minuto depois, Raphael Veiga chutou forte e Diego Alves espalmou. 
 
Os minutos finais da primeira etapa reservaram ainda mais emoção para torcedores rubro-negros e alviverdes. Aos 43, mais uma vez Raphael Veiga deu trabalho ao goleiro do Fla em cobrança de falta. O time carioca retrucou no lance seguinte com o atacante Bruno Henrique, que parou na defesa de Weverton. A virada do Mengão aconteceu antes do intervalo. Aos 48, Arrascaeta encarou a marcação e bateu da entrada da área sem chance para o goleiro palmeirense.
 
O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro: com intensidade. O Palmeiras arriscou com Wesley no minuto inicial e o Flamengo respondeu em ataque de Gabriel Barbosa e Everton Ribeiro. O Verdão voltou a pressionar na bola aérea com Gustavo Gómez e Gabriel Veron, aos 16 e aos 18, respectivamente.
 
Aos 28 minutos, o Alviverde deixou tudo igual no placar. Raphael Veiga cobrou pênalti no canto esquerdo do gol do Fla e fez o seu segundo gol na decisão. Com o empate, o jogo ficou mais truncado e as chances de gol diminuíram. No fim do jogo, Weverton parou o ataque do Fla. Aos 40, Vitinho chutou forte e Weverton impediu o Flamengo de fazer o terceiro. O goleiro espalmou, a bola bateu na trave e voltou para as mãos dele. Já nos acréscimos, aos 48, Gabriel Barbosa chutou forte e exigiu outra boa defesa do defensor Alviverde.
 
Com o empate em 2 a 2, a decisão da Supercopa Kia 2021 foi para os pênaltis. E deu Mengão em uma disputa emocionante! Da marca da cal, o Flamengo venceu o Palmeiras por 6 a 5, com gols de Arrascaeta, Vitinho, Gabriel Barbosa, João Gomes, Michael e Rodrigo Caio. O destaque das penalidades foi o goleiro Diego Alves, que defendeu quatro cobranças e garantiu o bicampeonato da Supercopa para o Rubro-Negro.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados