• Início
  • Notícias
  • Operário faz 8 a 1 no Novo e tira lugar do Águia Negra no G3

Jonatas Obina (centro) marcou os três primeiros gols da goleada do Operário no Morenão

Operário faz 8 a 1 no Novo e tira lugar do Águia Negra no G3

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Rodrigo Moreira/Operário FC
Jonatas Obina, autor dos três primeiros gols operarianos, foi o destaque no Morenão
 
Dia de goleada histórica do Operário FC no Campeonato Sul-Mato-Grossense e, de quebra, lugar na zona de classificação na virada de turno. Pela quinta rodada da primeira fase, nesta segunda-feira (29), o Galo aproveitou a fragilidade do lanterna Novo FC e construiu o placar de 8 a 1, com destaque para o atacante Jonatas Obina, autor dos três primeiros gols no primeiro tempo (veja abaixo).
 
A vitória coloca o Operário na terceira posição do Grupo A com seis pontos em quatro jogos. Na frente estão Dourados AC, com 12 pontos e o Aquidauanense FC com sete pontos, ambos com cinco jogos realizados. O EC Águia Negra é o quarto colocado com cinco pontos em quatro jogos disputados até agora. O time de Rio Brilhante, aliás, é o próximo adversário do Novo, na quinta-feira (1), também no Morenão, e do Galo, domingo (4), em Rio Brilhante.
 
Gols
 
O Operário não teve trabalho para construir a goleada no Estádio Morenão e a zaga do Novo ainda colaborou. O primeiro gol, aos 13 minutos, saiu justamente em um erro na saída de bola que Jonatas Obina aproveitou para fazer 1 a 0. Aos 23, o atacante recebeu passe na área e bateu firme para fazer o segundo do Galo. O terceiro gol veio em cobrança de pênalti sofrido por Dill aos 42 minutos. Com paradinha, Obina deslocou o goleiro e ampliou a vantagem para 3 a 0, placar do primeiro tempo.
 
Na etapa final, a goleada se caracterizou aos oito minutos, com Bruno Centeno aproveitando sobra na pequena área. Dois minutos depois, Lucas Kattah aproveitou passe de Obina para fazer o quinto gol operariano. O sétimo gol saiu aos 17 minutos em chute cruzado de Dill pela direita e o oitavo foi marcado por João Paulo, aos 37 minutos. Aos 39 deu tempo ainda do Novo fazer o gol de honra em pênalti convertido por Dronov, fechando o placar em 8 a 1 para o Operário.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados