• Início
  • Notícias
  • Robson Mattos quer Dourados AC remodelado e com alternativas no returno

Robson Mattos dirigiu o DAC em oito jogos em 2021, com dois empates e seis vitórias, quatro delas na Série A

Robson Mattos quer Dourados AC remodelado e com alternativas no returno

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Franz Mendes
Treinador do DAC diz que time passa a estar na mira dos adversários e que busca alternativas
 
Terminar o primeiro turno com 100% de aproveitamento e com a classificação para o hexagonal final virtualmente garantida era o planejamento ideal do Dourados AC que se tornou real. As quatro vitórias conquistadas no Grupo A e a larga vantagem sobre os, até então, favoritos EC Águia Negra, Aquidauanense FC e Operário FC colocaram o recém-criado clube douradense na mira dos adversários e, no segundo turno, é o time a ser batido. Para o técnico Robson Mattos, a ordem no segundo turno é se remodelar.
 
Invicto no comando do DAC em oito jogos – quatro na Série B e outros quatro na Série A -, o treinador afirmou que o aproveitamento do time foi surpreendentemente. “Nós esperávamos um desempenho da equipe relativamente bom e a gente conseguiu atingir 100%. Foi bem bacana que vimos acontecer na prática tudo o que planejamos quando iniciamos o trabalho no dia 28 de janeiro”, elogiou Mattos.
 
Na vitrine 
 
A estreia no returno acontece neste domingo (28), 15h, contra o Aquidauanense FC, no Estádio Noroeste. A partida, única do dia e com transmissão ao vivo para todo Estado pela TV Morena, fará com que treinadores dos outros oito clubes que estão na competição possam analisar melhor o time de Robson Mattos. No turno, o DAC bateu o Azulão por 1 a 0 em jogo equilibrado no Estádio Douradão (veja abaixo).
 
Esse “conhecimento prévio” entre os times na virada de turno é uma mão dupla, segundo o treinador. “Agora o pessoal já nos conhece e nós também conhecemos os demais times, principalmente da nossa chave, o que é normal já que após as primeiras partidas nós passamos a ser estudados pelos adversários e, claro, fazemos o mesmo”, explica. 
 
Sem terem mais o fator surpresa como aliado, o Dourados vai precisar mais do que o bom futebol apresentado até aqui, segundo o treinador, e a receita, segundo ele, é clara. “O que nós estamos fazendo é o que a maioria dos adversários vai fazer também. Se modelar, se readaptar a maneira de jogar, criar alternativas para que a gente possa confundir o adversário. Isso é bacana porque puxa para cima os treinadores, nos faz trabalhar em cima de variações, trabalhar não somente um sistema, mas outras possibilidades. Vai ser muito interessante e quem tem a ganhar é o torcedor, o campeonato como um todo. Com certeza vai aumentar o nível da competição”, conclui.
 
Larga vantagem
 
Apesar de Aquidauanense e Dourados abrirem a sexta rodada e, consequentemente, o segundo turno no Grupo A, ainda falta uma partida da quinta rodada para completar o turno. Novo FC e Operário FC jogam na próxima segunda-feira (29), às 15h, no Estádio Morenão, em campo Grande. Na classificação, o DAC soma 12 pontos, com quatro vitórias, o EC Águia Negra é o segundo com cinco pontos e o Aquidauanense fecha o G3 com quatro pontos, todos com quatro jogos disputados. Operário, com três pontos, e Novo, com apenas um, fecham a chave, ambos com três jogos disputados até agora.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados