• Início
  • Notícias
  • Corinthians sofre, vence Retrô nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Timão saiu na frente, mas sofreu o empate quase no fim do jogo o que levou a disputa para o desempate

Corinthians sofre, vence Retrô nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Corinthians
Depois do 1 a 1 no tempo normal, Timão foi melhor nos tiros diretos e venceu por 5 a 3 em Saquarema
 
Foi sofrido, mas o Corinthians, nos pênaltis, fez valer o favoritismo sobre o desconhecido Retrô-PE e é o primeiro classificado na segunda fase da Copa do Brasil. Nesta sexta-feira (26), em Saquarema, no Rio de Janeiro, o Timão enfrentou o time pernambucano, saiu na frente com Otero, quase no fim levou o empate com Mayco e precisou do drama dos pênaltis para avançar, vencendo por 5 a 3 (veja abaixo). O adversário dos paulistas na fase seguinte será definido em sorteio.
 
O jogo
 
A primeira chegada forte da partida foi do Corinthians, logo no comecinho. Quando o relógio ainda marcava três minutos, Varanda encontrou Mosquito na área, que chegou chutando no gol, mas parou na defesa de Jean. Depois, aos 15, Varanda recebeu outra vez dentro da área e driblou o goleiro, mas Del' Amore apareceu para salvar em cima da linha.
 
Sem pestanejar, o Azulão respondeu na sequência e quase pulou na frente. Aos 16, Gelson foi lançado nas costas da defesa do Timão e ficou cara a cara com Cássio, mas pegou muito embaixo da bola e mandou por cima. Até que, aos 17, Varanda sofreu falta na entrada da área. Especialista no assunto, Otero cobrou com força, por cima da barreira, e abriu o placar para a equipe paulista. Apesar da vantagem, o Retrô manteve-se mais tempo com a bola nos pés, chegando a ter 67% de posse. Aos 37, Otero se complicou no campo de defesa e perdeu a bola, João Braga recebeu na área e driblou Fábio Santos, mas Gil apareceu e mandou para escanteio, salvando o Timão. 
 
Na volta do intervalo, o Azulão chegou com perigo já aos seis minutos, quando Kauê arriscou chute de fora da área e tirou tinta do travessão de Cássio. Mais tarde, aos 24, o Alvinegro por pouco não fez o segundo. Em nova cobrança de falta por Otero, o venezuelano chutou de três dedos e só não marcou porque o goleiro Jean protagonizou grande defesa. Seis minutos depois, Jemerson perdeu uma chance incrível. Após cobrança de falta na área, o zagueiro escorou de carrinho, debaixo da trave, mas mandou por cima do gol.
 
Mas o Azulão não havia desistido. Tanto que, aos 36, Thiaguinho finalizou da ponta direita e só não empatou porque Cássio espalmou para fora. Só que, na cobrança do escanteio, Mayco Félix se antecipou à marcação, cabeceou firme para o gol e deixou tudo igual em Saquarema. O Timão por pouco não evitou a decisão nos pênaltis. Aos 46, Fábio Santos cruzou para Jô, que cabeceou cruzado e tirou tinta da trave de Jean. No final das contas, o Corinthians levou a melhor na marca da cal e ficou com a vaga.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados