• Início
  • Notícias
  • Águia Negra bate Operário em jogo de sete gols no Morenão

Guilherme apareceu na pequena área para marcar o primeiro gol do Águia Negra no Morenão

Águia Negra bate Operário em jogo de sete gols no Morenão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Reprodução/MyCujoo
Guilherme marcou dois na vitória do time de Rio Brilhante por 4 a 3, com Vinicius também marcando dois para o Galo
 
Não faltaram gols e emoção no confronto em que o Operário FC e EC Águia Negra repuseram jogo da segunda rodada do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Em partida de sete gols, o que definiu o placar já nos acréscimos, o Águia venceu o Galo por 4 a 3, na primeira vitória do atual campeão. Por outro lado, o Galo acumula sua segunda derrota na competição.
 
Com a partida, o Grupo A tem as três rodadas completas. O Dourados AC lidera com nove pontos, seguido pelo Águia Negra, agora com cinco pontos e o Aquidauanense FC, com quatro pontos, fechando o G3. O Novo FC tem um ponto e o Operário ainda não pontuou. A quarta rodada acontece no domingo (21) com Dourados e Águia Negra se enfrentando no Estádio Douradão e, no Morenão, jogam Operário e Aquidauanense.
 
Gols
 
O primeiro tempo terminou igual no Estádio Morenão, com os visitantes saindo na frente. Aos 30 minutos, em uma saída errada do Operário pelo meio, Thedesco roubou a bola e tocou para Mário Lúcio. O camisa 10 lançou para Felipinho na direita e o cruzamento por baixo foi perfeito para chegada de Guilherme, já na pequena área, abrir o placar. O empate veio aos 43 em cruzamento de Cadu Padilha pela esquerda. A bola cobriu toda a zaga do Águia e Vitinho, de cabeça, venceu Tafine e igualou o placar.
 
No segundo tempo o Águia Negra voltou à frente no placar aos sete minutos. Em lançamento longo da zaga, Felipinho recebeu com a defesa operariana mal colocada e bateu da entrada da área. O goleiro Ramon Azevedo foi mal para a bola e não evitou a bola defensável. O terceiro saiu em um pênalti cometido por Ramon e Mário Lúcio aos 15 minutos. Guilherme foi para a cobrança, deslocou o goleiro e ampliou a vantagem para 3 a 1.
 
Na insistência, o Galo marcou aos 29 minutos. Fábio Buru tentou arriscar o chute da intermediária, a bola bateu na zaga e voltou para ele mesmo. Desta vez o volante fez diferente e deu uma boa assistência para Vinicius. O atacante invadiu a área, driblou Tafine, perdeu tempo, mas ainda teve espaço para girar e bater para o gol, diminuindo para 3 a 2. O gol animou o time campo-grandense que partiu em busca do empate. Aos 42 minutos, João Paulo fez a jogada pela direita e cruzou por baixo para Vinicius aparecer e desviar, igualando o placar em 3 a 3. 
 
Quando o empate parecia ser definitivo, a dupla Fágner e Mário Lúcio mostrou toda a qualidade e entrosamento, aos 46 minutos. Mário brigou pela bola no meio-campo, tocou para Fágner e partiu para receber o lançamento. O toque foi perfeito e o camisa 10 saiu livre, driblou Ramon Azevedo e tocou para o gol livre, fazendo 4 a 3. O Águia ainda teve a chance do quinto gol em um contra-ataque de três contra um, mas não aproveitou o lance. Nada que impedisse a vitória do time de Rio Brilhante fora de casa.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados