• Início
  • Notícias
  • Rachel Sheherazade procura a Justiça contra o SBT, pede danos morais e alega perseguição

Rachel Sheherazade procura a Justiça contra o SBT, pede danos morais e alega perseguição

A jornalista Rachel Sheherazade e o SBT devem travar uma longa batalha na justiça. Ela deixou a emissora no segundo semestre do ano passado, após quase 10 anos, e agora, move uma ação contra o canal de Silvio Santos.
 
Segundo nota enviada pelo advogado da apresentadora ao jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, o “escopo do processo é o reconhecimento de fraude e simulação praticadas pelo SBT”. Sheherazade tenta a comprovação de vínculo empregatício com o canal de Silvio Santos. 
 
O vínculo da comunicadora com a emissora era como PJ (Pessoa Jurídica), no qual é celebrado um contrato de prestação de serviços entre empresas. Agora, a jornalista busca obrigações trabalhistas, como Fundo de Garantia e 13º salário, o que é garantido pela CLT.
 
Sheherazade também alega ter sofrido perseguições e punições. “Há pedido de Indenização por Danos Morais pelos constrangimentos, perseguições e punições sofridas durante a relação de emprego, o que inclusive foi noticiado à época pela própria mídia”, informou a nota do advogado.
 
As alegações teriam relações com questões políticas, que segundo Sheherazade teria sido o motivo da não renovação de seu contrato. “Quando um contrato se acaba dentro do tempo estabelecido entre as partes, não há necessidade de justificativa. Mas eu sinto que houve pressões”, pontuou ela após deixar o canal.
 
A reportagem do Observatório da TV procurou o SBT, que informou não ter conhecimento sobre a referida ação.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados