• Início
  • Notícias
  • Dourados AC vence Operário e mantém campanha perfeita no Estadual

DAC chegou a abrir 2 a 0, levou o gol, mas soube segurar a vantagem e a vitória em casa

Dourados AC vence Operário e mantém campanha perfeita no Estadual

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Franz Mendes
Adriano Luiz, com mais um golaço, e Rosseto marcaram para os douradenses, com Cadu Padilha descontando em 2 a 1
 
Três jogos, três vitórias, liderança do grupo a melhor campanha deste início do Campeonato Sul-Mato-Grossense. O Dourados AC deixou mais um adversário, e favorito, para trás neste domingo (14), pela terceira rodada. No Estádio Douradão, o DAC recebeu o Operário FC e venceu por 2 a 1, gols de Adriano Luíz e Rosseto, com Cadu Padilha descontando.
 
Na outra partida deste Grupo A, sábado (13), o Aquidauanense FC venceu o Novo FC por 1 a 0 e o EC Águia Negra folgou na rodada. Com os resultados, o Dourados segue na liderança com nove pontos, seguido pelo Aquidauanense com quatro, Águia Negra com dois, Novo tem um e o Operário ainda não pontuou. 
 
O Jogo
 
Apesar de fazer a sua primeira partida no ano, o Operário deixou a temida falta de ritmo para trás e começou melhor que o Dourados, ocupando espaços e sufocando o adversário na saída de bola. Pode ria ter aberto o placar aos cinco minutos, com Jonatas Obina, mas o atacante, de frente para Matheus Gutz, acertou o corpo do goleiro que fechou o ângulo. Aos dez, em contra-ataque, Obina cruzou pela esquerda e Vinicius, livre, desviou a bola para mais uma defesa precisa de Gutz, evitando gol certo.
 
Aos poucos o Dourados equilibrou a partida, começou a trabalhar a bola pelo meio e também dificultar a saída de bola operariana. E foi assim que abriu o placar, aos 32 minutos. Thiagou Moura roubou a bola pelo meio e tocou para Adriano Luiz, na direita. O atacante invadiu a área, driblou o marcador e bateu no ângulo de Ramon Azevedo, sem chances de defesa, 1 a 0. O DAC ainda poderia ter ampliado aos 43 em cobrança de escanteio pela direita. Após disputa pelo alto, a bola sobrou para Taygor, na pequena área, mas o zagueiro pegou mal na bola e mandou por cima do gol.
 
Na etapa final o Galo mais uma vez começou melhor, com maior volume quase igualou aos três minutos. Lucas Katah cobrou falta e Dill, que entrou no intervalo, cabeceou quase à queima-roupa para mais uma excelente defesa de Matheus Gutz. Aos dez, porém, o Dourados desafogou e marcou o segundo gol. Adriano Luiz abriu para Café na direita e, quase da linha de fundo, o ala cruzou com perfeição para Rosseto cabecear e ampliar a vantagem douradense.
 
Sem opção, o técnico Glauber Caldas utilizou todas as substituições para colocar o Operário no ataque e, com evidente melhora, no abafa chegou ao primeiro gol. Em cobrança de falta na área, a zaga douradense não conseguiu afastar e, após bate-rebate, a bola sobrou para Cadu Padilha acertar a rede, no primeiro gol do time no campeonato. A pressão operariana seguiu, mas, fechado, o Dourados soube suportar e segurar a vantagem até o fim, garantindo a vitória por 2 a 1.
 
Agora, o DAC enfrenta o Águia Negra na quarta rodada, jogo que deve acontecer no sábado (20), às 10h, no Douradão. O Operário joga nesta quarta-feira (17), 15h, contra o mesmo adversário, repondo partida da segunda rodada no Estádio Morenão. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados