Grêmio e Palmeiras disputam título da Copa do Brasil 2020 neste domingo, em São Paulo

CBF divulga cotas e premiação para Copa do Brasil 2021

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Águia Negra, único do MS, já sabe quanto vai receber para enfrentar o Vitória na primeira fase
 
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu a tabela de cotas e premiação para os participantes da Copa do Brasil 2021, que começa na próxima semana. Os valores foram divulgados no site oficial da entidade e, como nos anos anteriores, os clubes foram divididos em três grupos nas duas primeiras fases. O campeão poderá acumular até R$ 73,6 milhões entre cotas e a premiação pelo título.
 
As quantias a serem pagas para cada clube dependem diretamente do desempenho deles ao longo desta edição do torneio. As cotas serão distribuídas por cada avanço de fase, respeitando o grupo ao qual cada clube pertence. 
 
Campeão sul-mato-grossense e único representante do Estado na competição, o EC Águia Negra está no Grupo III e recebe pelo confronto com o Vitória-BA na primeira fase, na próxima terça-feira (9), R$ 560 mil. Se avançar, o time de Rio Brilhante recebe R$ 675 mil para enfrentar Rio Branco-ES ou Sampaio Corrêa-MA.
 
Cotas
 
O Grupo I reúne os 15 primeiros do Ranking Nacional de Clubes da CBF, formado por Athletico-PR, Atlético-MG, Bahia-BA, Botafogo, Ceará-CE, Chapecoense-SC, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo. Esses clubes recebem R$ 1,15 milhão pela primeira fase e R$ 1,35 pela segunda. 
 
O Grupo II é formado pelos habilitados à disputa da Série A do Campeonato Brasileiro, excluídos os que já estão no Grupo I. América-MG, Atlético-GO, Cuiabá-MT, Fortaleza-CE, Juventude-RS, Red Bull Bragantino-SP e Sport-PE estão na lista e recebem R$ 990 mil pela primeira fase e R$ 1,07 milhão pela segunda.
 
Os demais clubes, entre eles o Águia Negra, entram no Grupo III. A partir da terceira fase, as cotas são iguais para todos os que seguirem na disputa, aumentando fase a fase, de R$ 1,7 milhão até R$ 7,3 milhões para os quatro semifinalistas. Na decisão, o vice leva R$ 23 milhões e o campeão R$ 56 milhões.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados