Ex-Ronaldinha critica Urach por retorno ao Miss Bumbum

Viviane Brunieri, conhecida como ex-Ronaldinha, condenou o retorno de Andressa Urach ao Miss Bumbum. A modelo anunciou que é a nova sócia e garota propaganda do concurso na última segunda-feira (22). A missionária evangélica, que afirmou que as duas chegaram a se prostituir pela mesma agência, criticou a postura de Andressa.
 
“É muito delicado esse assunto. Falo com muito temor e dor no coração, porque Deus é amor, mas ele também é justiça. Ela passou a ser referência da louca que cuspia na cara dos outros e Deus fez uma obra linda na vida dela. Eu mesma não sabia das coisas que ela já tinha vivido, que ela já tinha feito programa com não sei quantos homens na mesma noite. Sabia que ela se prostituía, porque a mesma pessoa que agenciava ela, também me agenciou. A gente acaba sabendo das coisas. Mas nunca imaginei que tivesse sido tão obscuro o caminho que ela percorreu. E com tudo isso e a quase morte e a conversão, ela passou a ser referência para muitas jovens. Eu mesma a indicava, pedia para seguirem ela nas redes sociais, comprassem seu livro”, contou para a Quem.
 
Ao ser questionada se acreditava mesmo na fase religiosa de Urach, Vivi afirma que sim. “Acreditei na conversão dela, sim. Mas a própria palavra de Deus diz: ‘Vigiai e orai, porque o espírito está pronto, mas a carne é fraca’. A gente vai ser tentado todos os dias, em vários momentos. O diferencial é não ceder a tentação. Teve uma vez que ela já havia cedido e depois voltou. E Deus é misericordioso e deu mais uma chance. Porém, o que ela tem feito agora não é legal. Você querer sair de uma igreja por discordar, tudo bem. Lembrando que foram eles quem a acolheram quando ela precisou. É muita ingratidão. Mas a forma que ela tem se posicionado passou a ser um desrespeito. Isso é muito sério. A gente não deve zombar das coisas de Deus. Infelizmente, ou felizmente, o que ela está plantando vai colher. Ela tem persistido no erro”, aponta.
 
A missionária contou que ficou de queixo caído quando descobriu o retorno de Urach ao concurso. “É muito triste. Oro pela vida dela e para que ela caia na real e lembre de tudo que passou, como ela mesma testemunhou em seu livro. Ela realmente é um testemunho vivo do poder de Deus. Ela foi restaurada, curada. Entendo que essa pandemia trouxe muita dificuldade financeira para muita gente. O problema dela não é nem ser seduzida pelo dinheiro e, sim, zombar e brincar com a palavra de Deus. Ressalto que o problema não é ceder a tentação e, sim, expor o pecado para as pessoas como algo natural. Isso realmente lhe trará consequências horríveis. Que Deus tenha misericórdia dela”, lamenta.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados