• Início
  • Notícias
  • Grêmio e Santos empatam em jogo de seis gols em Porto Alegre

Grêmio e Santos fizeram bom jogo na Arena, com quatro gols no segundo tempo

Grêmio e Santos empatam em jogo de seis gols em Porto Alegre

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Santos FC
Tricolor vencia até último minuto, quando Peixe, com dez jogadores, buscou empate em 3 a 3
 
Um jogo de seis gols em Porto Alegre abriu a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (3), Grêmio e Santos ficaram no 3 a 3 com direito a busca pela igualdade do Peixe com um jogador a menos e nos acréscimos. O time paulista, aliás, saiu na frente com Kaio Jorge, levou virada com gols de Diego Souza, Pepê e Jean Pyerre e foi buscar o placar com Arthur Jorge e Madson, já aos 50 minutos da etapa final (veja abaixo).
 
O resultado de igualdade pouco ajudou os dois lados. O Tricolor segue na sétima posição com 53 pontos, perdendo a chance de subir para quinto. O Santos, com 46 pontos é oitavo e deve cair na classificação na sequência da rodada.
 
O Jogo
 
O Grêmio precisou de apenas um minuto para criar a primeira oportunidade de gol em finalização de Diogo Barbosa. Mas, na Arena, foi o Peixe que largou na frente. Aos sete minutos, Luan Peres fez grande jogada, invadiu a área e deixou Kaio Jorge na boa para estufar as redes. Em vantagem, o Santos se fechou e esperou por uma bola, enquanto o Santos passou a controlar as ações. Até que Pepê foi derrubado dentro da área. Pênalti para o time da casa e cobrança convertida por Diego Souza: 1 a 1. Nos minutos finais do primeiro tempo, os visitantes voltaram ao ataque com Arthur Gomes, que parou em boa defesa de Vanderlei.
 
No segundo tempo, o Imortal de novo teve a chance nos primeiros segundos, só que dessa vez Jean Pyerre não perdoou. Depois de ótima trama ofensiva, Pepê achou o camisa 10 livre para marcar o segundo e virar o placar. Na sequência, em mais uma boa troca de passes do Imortal, Pepê foi quem deixou o dele, após assistência de Lucas Silva, aos sete minutos, e ampliou para 3 a 1. 
 
Já na marca dos 21, foi a vez do Peixe ter uma penalidade a favor. Com a bola na marca da cal, Arthur Gomes cobrou com segurança e diminuiu a vantagem tricolor para 3 a 2. Apesar do gol, o jogo esfriou. Nos minutos finais, Sandry recebeu o cartão vermelho deixando o Santos com um a menos. Mesmo em desvantagem os visitantes chegaram ao empate, nos acréscimos, em mais uma cobrança de pênalti convertida por Madson, aos 50 minutos, para fechar o embate em 3 a 3. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados