• Início
  • Notícias
  • Internacional bate Bragantino e dispara na liderança com recorde de vitórias

Inter conquistou todos os últimos 27 pontos que disputou em nove jogos

Internacional bate Bragantino e dispara na liderança com recorde de vitórias

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/SC Internacional
Colorado marcou com Patrick e Edenílson, viu adversário diminuir com Helinho e Marcelo Lomba garantir vitória no fim
 
Faltando cinco rodadas para terminar o Campeonato Brasileiro, o Internacional conquistou uma vantagem considerável sobre os concorrentes e, de quebra, bateu o recorde de vitórias seguidas da competição na era de pontos corridos. Neste domingo (31), em Porto Alegre, o Colorado recebeu o Red Bull Bragantino-SP e venceu por 2 a 1, emplacando uma série de nove vitórias seguidas, deixando a marca de oito do Flamengo de 2019 para trás. Patrick abriu o placar, Helinho igualou ainda no primeiro tempo e Edenílson, cobrando pênalti no segundo, definiu o placar (veja abaixo).
 
Com a vitória em casa, o Inter chegou aos 65 pontos, cinco a mais que o Atlético-MG, provisoriamente na vice-liderança. A vantagem pode cair se o Flamengo, terceiro com 58 pontos, vencer nesta segunda (1) o Sport-PE na Ilha do Retiro. Já o Massa Bruta tem 44 e ocupa a 13ª colocação.
 
O jogo
 
O Internacional começou o duelo no Estádio Beira-Rio em ritmo acelerado e precisou de apenas uma chance para abrir a contagem no Beira-Rio. Logo aos três minutos, após saída errada da defesa do Bragantino, Rodinei cobrou lateral na área, Patrick aproveitou a sobra, soltou o pé, mas parou em Cleiton. No rebote, a bola voltou para o meia que dessa vez não desperdiçou e fez 1 a 0.
 
Passado o susto inicial, o Bragantino entrou no jogo. Aos 12, Claudinho assustou e, aos 14, Helinho marcou. Depois de chute de Artur, Marcelo Lomba fez a defesa e o camisa 37 pegou a sobra para deixar tudo igual no marcador. A partir daí, a partida perdeu intensidade e a igualdade seguiu até o intervalo.
 
Já no início do segundo tempo, o Colorado teve uma penalidade a favor. Com a bola na marca da cal, Edenílson fez a cobrança de manual e recolocou o time da casa na frente, aos 12. Com a vantagem, o Inter manteve o ritmo e passou a controlar o jogo. Mas, nos minutos finais, o Massa Bruta foi para o tudo ou nada. Raul, aos 44, viu Lomba evitar o empate. Na sequência, Tubarão também assustou, mas errou o alvo e não evitou a vitória do líder por 2 a 1. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados