• Início
  • Notícias
  • Santos e Palmeiras fazem amanhã no Maracanã final da Libertadores 2020

Jogadores de Santos e Palmeiras em jogo pelo Brasileirão; amanhã, duelo será pelo título da Libertadores 2020

Santos e Palmeiras fazem amanhã no Maracanã final da Libertadores 2020

Gazeta Esportiva
Imagem: Divulgação
Assim como em 2019, final do torneio continental será em jogo único, desta vez no Maracanã e entre dois brasileiros 
 
Em um clássico paulista, Palmeiras e Santos decidem o título da Copa Libertadores a partir das 16h (de MS) amanhã, no Estádio do Maracanã. Assim como em 2019 entre Flamengo e River Plate, a final será em jogo único, mas desta vez entre dois times brasileiros.
 
Responsável por conduzir o time praiano à final, Cuca está disposto a deixar de lado seu passado como torcedor, atleta e técnico campeão pelo rival.
 
Em sua infância, influenciado por dois tios, o pequeno Alexi virou palmeirense e vibrou com os gols de Leivinha, ídolo da Segunda Academia. A relação com o Palmeiras ficou ainda mais estreita durante a passagem do então atacante Cuca pelo clube alviverde no começo dos anos 1990.
 
Em sua primeira passagem como técnico do Palmeiras, Cuca teve papel fundamental na campanha vitoriosa rumo ao título do Campeonato Brasileiro e, enfim, pôde colocar a faixa de campeão. No elenco atual, o único remanescente da conquista que findou jejum iniciado em 1994 é o goleiro Jailson.
 
Após 51 jogos (29 vitórias, 11 empates e 11 derrotas), idolatrado pela torcida, Cuca decidiu deixar o clube alviverde no fim do ano por questões pessoais. De volta em 2017, o técnico teve passagem ainda mais curta, marcada por desentendimento com Felipe Melo, e saiu depois de 34 partidas (16 vitórias, sete empates e 11 derrotas).
 
“Acabei saindo um pouquinho antes e vim para o Santos. Tenho muitos amigos no Palmeiras. O pessoal gosta de mim e eu gosto do pessoal, mas, hoje, somos adversários. E, tudo que eu puder fazer, farei em prol do Santos. Vou dar meu máximo e tirar o máximo de cada um para poder vencer", disse Cuca.
 
Ao fim de sua última passagem como técnico do Palmeiras, em um rápido pronunciamento na Academia de Futebol, Cuca já projetou a possibilidade de voltar ao clube alviverde. Neste sábado, porém, devidamente trajado de alvinegro, o técnico encontrará o ex-time na condição de rival.
 
ALISON
O Santos terá o capitão Alison à disposição para enfrentar o Palmeiras. O jogador foi diagnosticado com a covid-19 no dia 15 de janeiro e cumpriu a quarentena de 10 dias. O teste PCR dessa semana, porém, manteve o positivo. É mais um exemplo de como a "cicatriz" do vírus pode demorar a sair do organismo, mesmo que ele não seja mais transmitido e nem cause sintomas.
 
Por protocolo, o Peixe avisou a Conmebol sobre o resultado, apresentou o exame do dia 15 e explicou sobre ele ter ficado isolado pelo tempo previsto. E recebeu o "ok" da confederação.
 
Dessa forma, a única dúvida no Alvinegro é John ou João Paulo. O técnico Cuca ainda não conversou com os goleiros sobre quem será o titular, mas John é o mais cotado.
 
A provável escalação do Santos em busca do inédito tetracampeonato é: John (João Paulo), Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Lucas Braga e Marinho; Soteldo e Kaio Jorge.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados