• Início
  • Notícias
  • Internacional vira sobre Grêmio no fim, vê concorrentes tropeçarem e dispara

Colorado buscou virada no fim e ganha uma rodada de vantagem para buscar o título do Brasileirão

Internacional vira sobre Grêmio no fim, vê concorrentes tropeçarem e dispara

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/SC Internacional
Colorado fez 2 a 1 e acabou com jejum de 12 jogos sem vencer o rival
 
Se tinha momento melhor para o líder Internacional voltar a vencer um clássico, a torcida colocara desconhece. Neste domingo (24), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Colorado viu o Grêmio sair na frente com Jean Pyerre e, nos minutos finais, virou com Abel Hernández e Edenílson (veja abaixo) e, por 2 a 1, voltou a vencer um Gre-Nal após 12 confrontos. 
 
O Inter chegou à oitava vitória seguida no Brasileirão e, com tropeços de São Paulo, Atlético-MG e Flamengo disparou na liderança na reta final da competição. O time vermelho soma agora 62 pontos, quatro a mais que o Tricolor, segundo colocado, e sete de vantagem sobre o Flamengo, terceiro. O Grêmio é sexto, com 51 pontos.
 
O jogo
 
O clássico começou sem muitas emoções no Estádio Beira-Rio. Aos dois minutos, o Internacional chegou com perigo em chute forte de Praxedes, que viu Vanderlei espalmar. Depois, o Grêmio até teve a posse de bola, mas não foi criativo para tentar abrir o placar. O Colorado, esperando os contra-ataques para sair em velocidade, teve a melhor oportunidade já na marca dos 34. Yuri Alberto finalizou de dentro da área e mandou a bola no travessão. Trocando passes nos instantes finais, as equipes mantiveram o equilíbrio e foram para o intervalo sem balançar as redes em Porto Alegre.
 
O ritmo no segundo tempo ficou mais movimentado, com as duas equipes se lançando mais ao ataque. Do lado do Inter, Peglow e Edenílson levaram perigo nos primeiros minutos. Já o Grêmio, que passou a ficar mais com a posse de bola, teve chances com Lucas Silva e Diego Souza. O Tricolor seguiu mais ofensivo e, aos 30 minutos, conseguiu abrir o placar no clássico. Após saída errada de Lucas Ribeiro, Diogo Barbosa saiu em velocidade para o ataque e passou para Diego Souza. O atacante deixou Jean Pyerre livre para deslocar Marcelo Lomba e fazer 1 a 0. 
 
Atrás no marcador, o Colorado passou a levar mais perigo nos minutos finais e conseguiu a virada. Aos 44 minutos, Cuesta cruzou na cabeça de Abel Hernández, que descolou Vanderlei e empatou o jogo. Depois, já aos 52, Edenílson cobrou pênalti e mandou no canto esquerdo para decretar a vitória por 2 a 1 do Inter.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados