• Início
  • Notícias
  • Corinthians esquece goleada, vence Sport e mantém chance de Libertadores

Corinthians esquece goleada, vence Sport e mantém chance de Libertadores

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Corinthians
Timão fez 3 a 0, gols de Gustavo, Mateus Vital e Jô e tomou oitava posição do Santos
 
Nada melhor que vitória no jogo seguinte para esquecer goleada para o maior rival. Assim fez o Corinthians nesta quinta-feira (21) pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em São Paulo o Timão recebeu o Sport-PE e venceu por 3 a 0 sem sustos. Gustavo no primeiro tempo, Mateus Vital e Jô no segundo marcaram os gols do jogo (veja abaixo)
 
O placar na vitória do Corinthians foi importante para ganhar posição na classificação. Com 45 pontos, alcançou o Santos com campanha quase idêntica, mas ganhou a oitava posição por ter saldo de gol maior – 4 a 3. O Sport é o 16º com 32 pontos e só está fora da zona de rebaixamento por ter uma vitória a mais que o Vasco da Gama.
 
O Jogo
 
O primeiro tempo do duelo na Neo Química Arena teve o Corinthians controlando as ações e aparecendo mais no ataque. Enquanto o Sport se fechou na defesa e buscou os contra-ataques. No fim dos 45 minutos, a estratégia alvinegra prevaleceu. Após jogada bem trabalhada pela equipe paulista, Mateus Vital achou Cazares, que deu ótimo passe para Gustavo Mosquito abrir o placar. Minutos antes do intervalo, o Timão ainda teve uma última chance em arremate de Camacho, mas Luan Polli fez grande defesa para salvar o Leão. 
 
Se na etapa inicial o time da casa demorou para encontrar o caminho do gol, no segundo tempo bastou um minuto para ampliar a contagem. Mateus Vital aproveitou um vacilo da defesa adversária, experimentou de fora da área e acertou o cantinho da meta rubro-negra, ampliando para 2 a 0. Tentando diminuir o prejuízo, o Sport assustou em finalização de Patric, que parou nas mãos de Cássio. Na sequência, Thiago Neves e Dalberto também tentaram para os visitantes. 
 
Do outro lado, o Corinthians voltou a pressionar no ataque. Gustavo Mosquito, aos 17, e Mateus Vital, aos 18, quase marcaram mais um. A resposta do Leão veio com Bruninho, já aos 28. Mas, aos 34, o Timão marcou o terceiro com Jô. O atacante recebeu passe de Fagner e na primeira tentativa esbarrou em Luan Polli, mas no rebote o camisa 77 não perdoou. Com boa vantagem no placar, o time da casa controlou o resultado até o apito final. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados