Palmeiras, de Gabriel Menino, e Grêmio, de Diego Souza, decidem a Copa do Brasil

CBF define dia 14 mando da final da Copa do Brasil

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras e Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Palmeiras e Grêmio se enfrentam com jogos dias 3 e 10 de fevereiro
 
A edição 2020 da Copa do Brasil terá decisão entre dois multicampeões do torneio. Grêmio e Palmeiras avançaram para a decisão na última quarta-feira (30) ao deixarem São Paulo e América-MG, respectivamente, pelo caminho. Agora, as atenções dos torcedores se voltam para o próximo dia 14, quando será realizado o sorteio que definirá os mandos de campo dos jogos decisivos. A cerimônia será feita na sede da Confederação Brasileira de Futebol CBF), no Rio de Janeiro, às 10h30 (MS) e contará com transmissão ao vivo do site oficial da entidade.
 
O embate final da Copa do Brasil coloca frente a frente dois gigantes do futebol brasileiro. Segundo maior vencedor da competição, com cinco títulos, o Grêmio vai em busca do hexa em sua nona decisão. Já o Palmeiras, tricampeão, quer levantar o caneco pela quarta vez em sua história, em quatro finais disputadas. As datas base programadas para os dois clubes se enfrentarem na finalíssima são 3 e 10 de fevereiro, duas quartas-feira.
 
Campanhas
 
Por serem times classificados para a Copa Libertadores deste ano, tanto Grêmio quanto Palmeiras estrearam nas oitavas de final da Copa do Brasil. No caminho até a semifinal, o Verdão eliminou o Red Bull Bragantino-SP com duas vitórias e o Ceará-CE, com vitória em casa e empate em Fortaleza. Na semifinal, o surpreendente América-MG – eliminou Corinthians e Internacional – foi páreo duro. Na ida, em São Paulo, empate em 1 a 1. A classificação verde veio com vitória em Belo Horizonte por 2 a 0, gols de Luiz Adriano e Rony, no segundo tempo.
 
Já o Grêmio encarou a equipe do Juventude-RS nas oitavas e avançou com duas vitórias.  Em seguida, pelas quartas de final, venceu duas vezes o Cuiabá-MT. Nas semifinais, o Tricolor enfrentou o badalado São Paulo, líder do Brasileirão. No duelo de tricolores, melhor para o gaúcho no jogo de ida – vitória por 1 a 0 com gol de Diego Souza. Na volta, o Imortal soube se defender e conter o ímpeto da equipe de Fernando Diniz para garantir mais uma final de Copa do Brasil com o empate em 0 a 0.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados