• Início
  • Notícias
  • Paulo Magro, presidente da Chapecoense, morre vítima da covid-19

Internado desde 18 de dezembro, dirigente faleceu nesta quarta (30)

Paulo Magro, presidente da Chapecoense, morre vítima da covid-19

Por Juliano Justo
Agência Brasil
Imagem: Márcio Cunha/Divulgação
Paulo Ricardo Magro, presidente da Chapecoense, morreu nesta quarta-feira (30) em decorrência da covid-19.
O dirigente, de 58 anos, estava internado na UTI de um hospital particular em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, desde o dia 18 de dezembro. 
Vice-presidente da gestão anterior, ele assumiu a direção da equipe em agosto de 2019, depois do desligamento do ex-presidente Plínio David de Nes Filho. Em agosto de 2020, a atual diretoria, que ficaria à frente do clube até o final da temporada, teve o mandato prorrogado por mais um ano. 
No final da tarde desta quarta, em nota oficial, a Chapecoense lamentou a morte de Paulo Ricardo Magro e pediu que a torcida ore pela família do dirigente.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados