• Início
  • Notícias
  • Palmeiras para no ferrolho do América e disputa fica aberta para BH

Palmeiras errou no gol do América, buscou empate, mas parou reação no segundo tempo

Palmeiras para no ferrolho do América e disputa fica aberta para BH

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Ademir marcou em erro da defesa do Verdão, Gustavo Gómez empatou no Allianz Parque
 
Tudo igual entre os alviverdes pela semifinal da Copa do Brasil. Em São Paulo, o Palmeiras parou na retranca do América-MG e não passou de um empate em 1 a 1. O Coelho saiu na frente com Ademir e Gustavo Gómez, ainda no fim do primeiro tempo, igualou (veja abaixo)
 
Os dois times voltam a se enfrentar em Belo Horizonte na próxima quarta-feira (30), às 20h20 (MS), e o vencedor avança para a decisão. Em caso de novo empate, por qualquer placar, o finalista sai em disputa de pênaltis.
 
O jogo
 
A etapa inicial começou movimentada no Allianz Parque. No primeiro lance do jogo, Geovane, do América, recebeu de Ademir e bateu rasteiro, mas Weverton salvou. O Palmeiras respondeu na jogada seguinte, em chute de Rony defendido por Matheus Cavichioli. A partir daí, o time da casa manteve a posse; porém, sem ameaçar muito. E aos 19 minutos, Emerson Santos errou passe e deu a bola para Ademir, que matou no peito e tocou na saída do goleiro para abrir o placar para o Coelho.
 
O Palmeiras acordou após o gol. Primeiro com finalização de Gabriel Menino que passou ao lado. Depois, aos 36, Gabriel Veron bateu com pouco ângulo e Cavichioli salvou em cima da linha. Em nova tentativa aos 47, o atacante cabeceou com perigo sobre o travessão. No entanto, o empate Alviverde saiu ainda antes do intervalo, Aos 48, Marcos Rocha cobrou lateral na área e Gustavo Gómez testou no canto direito para balançar a rede.
 
O segundo tempo foi quase todo do Palmeiras. Nos primeiros 15 minutos, a equipe paulista chegou com perigo em várias oportunidades. Aos quatro, Rony até fez a rede balançar, mas pelo lado de fora. Aos dez, Willian testou por cima em cruzamento de Gustavo Scarpa. O lateral-esquerdo, aliás, botou nova bola na área aos 12 e por pouco não marcou gol olímpico. Em seguida, Matheus Cavichioli encaixou chute forte de Raphael Veiga.
 
Depois dessa pressão inicial, o ritmo diminuiu; no entanto, o Alviverde ainda pararia mais uma vez no arqueiro do Coelho. Após furada de Messias aos 34, Luiz Adriano apareceu sozinho na grande área, mas o goleiro do clube mineiro efetuou incrível defesa. Sendo assim, o empate se manteve até o fim, apesar das tentativas dos donos da casa.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados