Aquidauanense passou pelo Comercial e chega a sua terceira decisão

Aquidauanense avança e repete decisão com o Águia Negra

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Vinícius Eduardo Photo
Azulão venceu o Comercial por 3 a 2 e chega à final com vantagem da igualdade
 
Repeteco na decisão do Campeonato Sul-Mato-Grossense. O Aquidauanense passou pelo Comercial, está mais uma vez na final e encontra o Águia Negra na disputa pelo título, repetindo o campeonato de 2019, vencido pelo time de Rio Brilhante. Ao contrário do 0 a 0 do jogo de ida, a volta foi cheia de gols, com vitória do Azulão por 3 a 2. O Colorado até saiu na frente com Anderson Silva, Léo Mineiro e Mauro viraram, João Paulo igualou e Léo Mineiro apareceu no fim para selar a classificação azul.
 
A vitória deu ao Aquidauanense a melhor campanha entre os finalistas e, consequentemente, a vantagem de levantar a taça em caso de igualdade após os dois jogos. A partida de ida acontece no próximo domingo, às 15h, no Estádio Ninho da Águia, e a volta no dia 23, quarta-feira, também às 15h, no Estádio Noroeste.
 
O Jogo
 
O jogo começou movimentado no Estádio Noroeste e o Comercial, com a obrigatoriedade da vitória, abriu o placar logo aos três minutos. Em falta cobrada da intermediaria, o zagueiro Anderson Silva foi mais rápido que a zaga e, de cabeça, venceu Jota para fazer 1 a 0 para o Colorado. O Aquidauanense precisou buscar o empate, teve uma série de chances para marcar e conseguiu o empate em um pênalti aos 35 minutos, após o zagueiro Rafael tocar com o braço na bola dentro da área. Léo Mineiro foi para a cobrança e deslocou Diego, igualando o placar em 1 a 1.
 
O segundo tempo foi movimentado e com gols para os dois lados. Aos oito minutos veio a virada do Azulão em uma falta pelo lado direito. Oliveira cobrou na área e Mauro apareceu de cabeça para marcar o segundo gol do time da casa. Para o Comercial só a virada valia classificação e o time não desanimou e foi buscar o placar. Aos 15 minutos, João Paulo recebeu ainda no campo de defesa e caminhou com a bola, passou por três adversários e tocou para Pedrinho já na área. O meia bateu cruzado, Matheus Custódio disputou com o zagueiro e a bola sobrou limpa para João Paulo fechar a jogada e igualar o jogo em 2 a 2. 
 
O jogo depois ganhou em dramaticidade, com o Aquidauanense tratando de segurar o resultado e o Comercial em busca do gol que lhe daria a vaga na decisão. A pressão comercialina parou no goleiro Jota, com boas defesas, evitando a virada vermelha. Até que aos 43 minutos veio o gol que sacramentou a classificação azul. Em boa troca de passes, Oliveira recebeu pela direita e teve espaço para cruzar e encontrar Léo Mineiro, livre, para, de cabeça, marcar seu segundo gol no jogo e definir a classificação para segunda final seguida do Azulão, a terceira na história do clube.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados