• Início
  • Notícias
  • TJD suspende rodada e Operário pode perder classificação na semifinal

Lateral Emerson em lance do jogo contra o Comercial em que não deveria ter sido escalado

TJD suspende rodada e Operário pode perder classificação na semifinal

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Anderson Ramos/Capital News
Erro foi admito pela Federação e Comercial quer punição ao adversário e vaga na próxima fase
 
Se já não bastava os problemas desse atípico 2020 para o Campeonato Sul-Mato-Grossense, os clubes ainda tratam de atrapalhar mais um pouco. A conclusão da competição ainda neste ano pode não acontecer graças a um problema que tem sido recorrente nas últimas temporadas: escalação irregular de atletas. No primeiro Comerário das quartas de final, o Galo utilizou o lateral Emerson que deveria cumprir suspensão automática após tomar o terceiro cartão amarelo. A falha pode custar ao clube a classificação para a semifinal, já que o Comercial acionou o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MS) que acatou o pedido para que a semifinal entre Aquidauanense e Operário não começasse neste domingo (6).
 
O erro operariano já foi admitido pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), que, administrativamente, puniu o clube com a perda de três pontos. Como conquistou quatro e o Comercial, um, os dois times ficariam empatados em número de pontos, mas por ter campanha melhor na primeira fase, mesmo assim avançaria.
 
O Departamento Jurídico do Comercial acionou o TJD, denunciando o adversário e pedindo punição conforme prevê o artigo 214 Código Brasileira de Justiça Desportiva (CBJD), que é claro ao apontar a perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória, independentemente do resultado da partida, além de não computação dos pontos obtidos. Assim, a pontuação do Operário cairia de 4 para -2, passando a classificação para o Colorado.
 
Entenda
 
Emerson levou o terceiro cartão amarelo na última rodada da primeira fase, quando o Operário derrotou o Costa Rica por 2 a 1, no Estádio Morenão. O lateral foi advertido pelo árbitro Paulo Henrique Vollkopf aos 24 minutos do segundo tempo, de acordo com a súmula da partida. Apesar dos cartões amarelos serem “zerados” na mudança de fase, suspensão automática, como é o saco do terceiro amarelo ou cartão vermelho, devem ser cumpridas na primeira partida da fase seguinte.
 
Esse jogo deveria ter sido na rodada de ida das quartas de final, vitória do Operário sobre o Comercial por 1 a 0, gol de Jonatas Obina. Na partida de volta, a classificação foi conquistada com o empate em 1 a 1, gols de Jonatas Obina e Lucas Paulista. Neste segundo jogo, Emerson chegou a ser anunciado entre os titulares, mas retirado do jogo momentos antes. O estrago já estava feito.
 
Semifinal
 
Enquanto a disputa envolvendo Operário, Comercial e, consequentemente, o Aquidauanense está na Justiça, do outro lado a semi entre SER Chapadão e EC Águia Negra começa neste domingo, às 15h, em Chapadão do Sul. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (9), em Rio Brilhante. Por ter melhor campanha na primeira fase, o Águia tem a vantagem de avançar em caso de igualdade após os dois jogos.
 
 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados