• Início
  • Notícias
  • Após perder Ceni, Fortaleza tira Marcelo Chamusca do Cuiabá

Marcelo Chamusca já não comanda o Cuiabá na partida contra o Grêmio nesta quarta

Após perder Ceni, Fortaleza tira Marcelo Chamusca do Cuiabá

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Cuiabá EC
Tricolor assumiu rescisão do técnico para ocupar a vaga de Rogério Ceni, agora no Flamengo
 
Domènec Torrent foi demitido pelo Flamengo na segunda-feira (9) e a onda veio bater no Cuiabá-MT nesta quarta-feira (11). Em postagem nas redes sociais, o clube mato-grossense comunicou a saída do técnico Marcelo Chamusca no dia em que o clube enfrenta o Grêmio pela Copa do Brasil pela rodada de ida das quartas de final. Chamusca vai comandar o Fortaleza-CE, ocupando a vaga de Rogério Ceni, agora treinador do Rubro-Negro carioca.
 
A saída de Marcelo Chamusca foi concluída de maneira amigável, inclusive com pagamento da rescisão, conforme o comunicado. “O Cuiabá informa que o técnico Marcelo Chamusca recebeu e aceitou uma proposta do Fortaleza, que vai pagar a multa rescisória por quebra de contrato. Desta forma, o treinador, o seu auxiliar Caio Autuori e o preparador físico Roger Gouveia não fazem mais parte da comissão técnica do Dourado. Eles já não vão mais comandar a equipe no jogo desta noite, diante do Grêmio, pela Copa do Brasil. O Cuiabá será dirigido interinamente pelo auxiliar-técnico Franco Muller”, diz a postagem.
 
Apesar da procura do Fortaleza, o Cuiabá ainda tentou segurar Chamusca, mas a possibilidade de comandar um time no Brasileirão e com boas chances de conquistar vaga em competições internacionais – Fortaleza está na zona de classificação para Copa Sul-Americana – falou mais alto. A diretoria do Dourado procura agora um substituto que deve ser anunciado ainda nesta semana, antes do confronto com o América-MG no sábado (14), jogo que vale a vice-liderança da Série B, já que ambos dividem a posição com 36 pontos cada.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados