• Início
  • Notícias
  • Águia Negra perde gols, jogo em casa e pode ficar fora do G4

Águia gastou as oportunidades no primeiro tempo e perdeu ritmo no segundo

Águia Negra perde gols, jogo em casa e pode ficar fora do G4

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Franz Mendes
No Ninho, Aparecidense fez 1 a 0, gol de Alex Henrique cobrando pênalti no segundo tempo
 
O ditado futebolístico “quem não faz, toma” nunca foi tão certo como neste sábado (31) em Rio Brilhante. Pela décima rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, o Águia Negra recebeu a Aparecidense-GO, perdeu várias oportunidades de marcar no primeiro tempo e, no segundo, acabou sofrendo o gol da vitória goiana por 1 a 0, com Alex Henrique cobrando pênalti (veja abaixo).
 
A derrota, primeira em casa, pode fazer com que o Águia deixe a zona de classificação, já que é o quarto colocado, com 13 pontos, e tem o Goiânia-GO na cola com um ponto a menos e com duas partidas ainda a serem disputadas. Os dois times, aliás, se enfrentam na próxima rodada, dia 9, em Goiás.
 
O Jogo
 
O primeiro tempo no Estádio Ninho da Águia teve o time da casa melhor, mas sem aproveitar as chances criadas. Aos 15 minutos, arriscou de fora da área e o goleiro Tony defendeu. Na sequência, mais uma vez Gugu que recebeu pela esquerda e bateu cruzado, mas para fora. Aos 25 a melhor chance em tabela entre Mutuca e Rafael Franco. O volante tocou para Filipe de frente para o goleiro, mas, com os pés, Tony desviou e evitou o gol.
 
Aos 36 outra boa chance com Gugu. Rafael Franco cruzou da esquerda e a zaga afastou mal. O camisa 8 dominou no peito e pegou antes que a bola caísse no chão. Seria um golaço se não fosse para fora. O Águia ainda teve uma última chance com Vinicius pela esquerda, mas outra vez o chute, com perigo, foi pela linha de fundo. O time de Rio Brilhante ainda perdeu o goleiro Tafine, contundido e Rodolfo foi para o jogo, fazendo sua estreia.
 
Na etapa final, o ritmo do Águia Negra caiu e a Aparecidense passou a atacar mais. Perigo, porém, apenas aos 29 minutos em jogada pelo meio que Alex Henrique recebeu em condição de marcar, mas foi derrubado por Virgulino na área. Pênalti marcado e o próprio Alex foi para cobrança, deslocando Rodolfo e abrindo o placar para o time goiano. O gol foi o único da partida que terminou com a vitória goiana pela contagem mínima.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados