• Início
  • Notícias
  • Flamengo empata com Bragantino e perde chance de liderança do Brasileirão

Empate no Maracanã impediu liderança Flamengo e que o Braga deixasse a penúltima posição

Flamengo empata com Bragantino e perde chance de liderança do Brasileirão

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Twitter Oficial/Red Bull Bragantino
Claudinho abriu o placar com um golaço para o Massa Bruta, mas Lincoln empatou em 1 a 1
 
A sequência de quatro vitórias do Flamengo no Campeonato Brasileiro foi interrompida na 16ª rodada. No Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (15), o Mengão recebeu o Red Bull Bragantino-SP e ficou no empate de 1 a 1 e perdeu a chance de assumir a liderança. Claudinho marcou um golaço no início do segundo tempo para colocar o time paulista na frente e Lincoln empatou (veja abaixo).
 
Com o ponto conquistado, o Flamengo chega aos 31 pontos, junto com Atlético-MG e Internacional, mas o Galo é primeiro por ter maior número de vitórias e o Colorado segundo pelo melhor saldo de gols em relação ao clube carioca. O Bragantino, por outro lado, tem apenas 13 e permanece na 19ª posição, dentro da zona de rebaixamento.
 
O jogo
 
Mesmo no Maracanã, o Bragantino ameaçou logo no minuto inicial, em chute de Bruno Tubarão na grande área, mas o chileno Isla cortou. Depois do susto, o Flamengo foi bem-sucedido em equilibrar as ações, mas o meia Claudinho quase surpreendeu em cobrança de falta lateral aos 22, obrigando o goleiro Hugo a evitar o gol do Massa Bruta. O Rubro-Negro foi melhor na reta final e arriscou chutes à distância com Everton Ribeiro e Diego, que exigiram defesas seguras de Cleiton. Apesar das tentativas, a etapa inicial terminou sem gols.
 
O time paulista voltou ligado do vestiário e balançou a rede em apenas 15 segundos. A saída de bola resultou em bonita troca de passes que chegou em Claudinho. Na grande área, o meia ajeitou e bateu com muita categoria para marcar o gol relâmpago. Aos cinco, o Braga quase chegou ao segundo em descida rápida de Ytalo, que achou Morato na área - porém, o atacante não alcançou a bola. O Flamengo respondeu aos dez com Vitinho, mas Cleiton pegou.
 
O time rubro-negro voltou a ameaçar aos 18, em uma cabeçada de Léo Pereira que passou ao lado da trave esquerda de Clayton. Aos 24, porém, o Flamengo chegou ao empate com Lincoln, que completou cruzamento de Isla com a cabeça e bateu o arqueiro. A partir daí, o confronto ficou equilibrado, com leve superioridade dos cariocas. No entanto, nenhuma das duas equipes conseguiu aproveitar as oportunidades para sair com a vitória.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados