• Início
  • Notícias
  • Integrantes da CPI da Robótica conhecem kits e detalhes do programa

Presidente da Comisssão, vereador Fábio Luís acompanha explanação do professor Clovis Niiyama (Foto: Assecom)

Integrantes da CPI da Robótica conhecem kits e detalhes do programa

A secretária de educação de Dourados, Ana Paula Benitez Fernandes, recebeu nesta quinta-feira (23), vereadores que integram a CPI da Robótica na Câmara Municipal, atendendo um pedido dos integrantes da Comissão para que fosse feita uma demonstração técnica e de aplicação dos kits adquiridos pela Prefeitura na Rede Municipal de Ensino. No encontro que aconteceu na sede da Semed (Secretaria Municipal de Educação), professores fizeram demonstração dos kits e possíveis aplicações na estrutura educacional.
Participam os vereadores Fábio Luís (Republicanos), presidente da comissão, e Rogério Yuri (PSDB), vice-presidente. O vereador Cemar Arnal (Solidariedade), relator, esteve representado pelo assessor Waldno Lucena. O vereador do Olavo Sul (MDB) acompanhou os colegas.
O objetivo da ida dos vereadores à Semed foi conhecer os kits de robótica e acompanharam a demonstração feita pelos professores Clovis Augusto Niiyama, Maria Augusta Domingues e Taita Araújo Rodrigues. Os educadores já passaram pela formação e mostraram, desde a montagem do robô, até o seu funcionamento.
Ana Paula Benitez aproveitou a oportunidade para explicar como as aulas de robótico serão inseridas nas escolas municipais e a importância de se poder ofertar essa nova tecnologia aos alunos. “Como o curso de robótica não faz parte da grade curricular, as aulas serão ministradas no contra-turno pelos professores que terão total suporte técnico e canal direto com a empresa Megalic”, explica. A secretária disse ainda que uma parceria com o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) vai garantir o bom andamento do programa.
Coordenador do programa, o professor Clovis Niiyama explicou que cada um dos 50 kits adquiridos é formado por dez caixas. No início, o programa vai disponibilizar 96 caixas, quatro por escola. “Para cada caixa, quatro alunos trabalharão em conjunto, sob orientação dos professores, para desenvolver as atividades”, explica. Segundo o professor, esse número de alunos por caixa não é uma escolha aleatória. “Em uma competição de robótica, cada equipe é formada por quatro pessoas e é onde esperamos ver nossos alunos”, completa.
“Foi uma excelente oportunidade poder explicar o funcionamento do nosso programa de robótica escolar aos vereadores, atendendo uma solicitação feita na última terça-feira e já agendada para hoje [quinta-feira]. Para nós e para os coordenadores do programa na Reme foi muito importante e sempre que formos acionados pela Câmara ou qualquer órgão de fiscalização estaremos prontos para atender e demonstrar a aplicação que será disponibilizada aos nossos alunos”, conclui a secretária Ana Paula.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados