• Início
  • Notícias
  • Palmeiras vira clássico com São Paulo com gols de zagueiros nos acréscimos

Dupla de zaga Gustavo Gómez (15) e Murilo (26) marcaram os gols da virada verde no Morumbi

Palmeiras vira clássico com São Paulo com gols de zagueiros nos acréscimos

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Vitória por 2 a 1 no Morumbi mantém o Verdão sozinho na liderança do Brasileirão
 
Uma virada para deixar claro que a liderança isolada do Campeonato Brasileiro não veio à toa. Fechando a 13ª rodada, nesta segunda-feira (20), o Palmeiras visitou o São Paulo no Morumbi, saiu perdendo com gol de Patrick no primeiro tempo, pressionou no segundo até conseguir empatar com Gustavo Gómez aos 45 minutos e virar aos 50, com Murilo, e vencer por 2 a 1 (veja abaixo).
 
A vitória fora de casa foi a quarta seguida do Verdão que segue sozinho na frente com 28 pontos, três a mais que o Corinthians, segundo colocado. O São Paulo, que perdeu o retrospecto de melhor mandante do Brasileirão com a primeira derrota, tem 18 pontos e caiu para nona posição.
 
O jogo
 
Mandante do clássico, o São Paulo começou o jogo pressionando no ataque. Logo no primeiro minuto, Rodrigo Nestor levou perigo em chute de fora da área. Mais tarde, o camisa 25 teve nova chance e dessa vez parou no goleiro Weverton. E Igor Gomes, aos 12, mandou de cabeça rente ao poste palmeirense. Quatro minutos depois, a insistência tricolor surtiu efeito com Patrick, que aproveitou uma sobra na área, após cobrança de escanteio, e completou para o fundo das redes. 
 
Depois do gol, o Palmeiras equilibrou o jogo. Veron tentou de cabeça, mas parou em Jandrei. Gustavo Scarpa teve duas chances, na primeira errou o alvo e na segunda viu Arboleda evitar o gol. Enquanto Gabriel Menino recebeu bom passe de Rony, mas também esbarrou na marcação. Do outro lado, o time da casa chegou perto de fazer o segundo com Igor Vinícius e Rodrigo Nestor, mas os dois desperdiçaram as oportunidades, com finalizações sem direção. 
 
Na volta do intervalo, o Verdão passou a ditar o ritmo da partida, mas apesar de ter o controle da posse de bola, encontrou dificuldades para furar a marcação são-paulina. A primeira boa chance alviverde no segundo tempo saiu já na marca dos 28, em finalização de Breno Lopes, que acertou o travessão.
 
Passados os 35 minutos, a equipe visitante aumentou a pressão. Danilo e Wesley pararam no goleiro Jandrei. Até que, aos 45, Gustavo Scarpa fez cruzamento na medida para o xará Gustavo Gómez deixar tudo igual no Morumbi. No embalo do gol, o Palmeiras seguiu no ataque e, aos 50 minutos, depois de cobrança de escanteio, Murilo aproveitou a sobra para garantir mais três pontos ao líder do Brasileirão. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados