• Início
  • Notícias
  • Palmeiras fecha primeira fase com melhor campanha da história da Libertadores

Gustav Scarpa (centro) marcou três dos quatro gols do Verdão no Allianz Parque

Palmeiras fecha primeira fase com melhor campanha da história da Libertadores

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Agência Palmeiras
Verdão fez 4 a 1 no Deportivo Táchira e superou o Boca Juniors de 2015
 
O Palmeiras confirmou a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores fazendo história. Nesta terça-feira (24), o Verdão recebeu o Deportivo Táchira-VEM em São Paulo e fechou a primeira fase goleando por 4 a 1. A noite estava reservada para Gustavo Scarpa, que marcou um Hat-Trick, e contou com o gol de Rony para fechar o placar. Gutiérrez descontou para a equipe venezuelana (veja abaixo).
 
Com seis vitórias nos seis jogos que disputou e 18 pontos conquistados, o Palmeiras não fez apenas a melhor campanha da fase de grupos da atual edição. A trajetória garantiu também ao Palmeiras o melhor desempenho da história da fase de grupos, superando o Boca Juniors-ARG de 2015, que também somou 18 pontos e teve saldo de 17 gols pró (19 marcados e dois sofridos), enquanto a equipe brasileira ficou com saldo de 22 gols pró (25 a 3). Os 25 gols também representam o melhor ataque desta fase na história, superando o River Plate de 2020 que marcou 21 vezes.
 
Gols
 
Classificação e primeiro lugar do Grupo A já estavam garantidos ao Palmeiras e o time começou o jogo no Allianz Parque com o compromisso de vencer para carimbar a melhor campanha da história. O caminho foi aberto aos 14 minutos com ajuda do goleiro Varela, que deixou a bola passar entre as pernas quando tentou cortar cruzamento de Gustavo Scarpa. Aos 20, Rafael Navarro foi derrubado na área e a cobrança ficou com Scarpa, fazendo 2 a 0. 
 
Aos dois minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio pela direita, a zaga no Palmeiras se atrapalhou na tentativa do corte e a bola sobrou para o zagueiro Gutiérrez diminuir. Aos 11 minutos, Rony invadiu a área e contou com a sorte para desviar bola rebatida pelo goleiro do Táchira e fazer 3 a 1. Depois, aos 20 minutos, Scarpa fez mais um, o terceiro dele no jogo, em pênalti sofrido por Breno Lopes, decretando o placar de 4 a 1. 
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados