• Início
  • Notícias
  • São Paulo e Athletico ficam no zero e seguem assombrados pelo rebaixamento

São Paulo teve mais volume de jogo, melhores chances, mas sem precisão nas conclusões

São Paulo e Athletico ficam no zero e seguem assombrados pelo rebaixamento

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF/CBF
Tricolor e Furacão estão juntos na classificação e precisam de pontos na reta final
 
Um empate sem gols e preocupação em relação ao rebaixamento mantida. Assim estão São Paulo e Athletico Paranaense após o 0 a 0 nesta quarta-feira (24), jogo que fechou a 34ª rodada (veja abaixo). Os dois times somam 42 pontos. O Furacão é o 12º colocado, e o Tricolor ocupa o 14º lugar – o primeiro time dentro da zona de rebaixamento tem 37 pontos.
 
O jogo
 
Jogando no Morumbi, o São Paulo controlou as ações diante do Athletico no primeiro tempo da partida. Com mais posse de bola, o Tricolor impôs seu ritmo de jogo e criou as principais chances de abrir o placar. No entanto, não teve capricho no último passe e não conseguiu balançar as redes. As melhores chegadas saíram em lances com Rigoni e Calleri. Nos minutos iniciais, o argentino exigiu duas boas defesas do goleiro Santos. O Furacão, sem espaços, não levou perigo à meta defendida por Tiago Volpi.
 
Na volta do intervalo, assim como na etapa inicial, o Tricolor começou pressionando. Logo aos dois minutos, Rigoni avançou sem marcação, invadiu a área e chutou na diagonal, vendo Marcinho evitar o gol. Depois, Gabriel Sara, Pablo e Igor Gomes também levaram perigo, mas sem sucesso nas finalizações. O Athletico, sem postura ofensiva, seguiu sem criar chances claras de gol. E o São Paulo, apesar das tentativas, também não conseguiu alterar o marcador, que ficou zerado até o apito final.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados