Antonia Fontenelle revela o que fez com cachê da Playboy

Antonia Fontenelle não tem papas na língua! Em entrevista para o canal Cara a Tapa, a apresentadora relembrou o ensaio que fez para a Playboy e reforçou que fez questão de pedir para que a produção não usasse photoshop. 
 
- Não há nada que você pergunte do meu passado que eu não queira falar. Foi maravilhoso fazer Playboy. […] Duram me ligou e me convidou. Ele disse que ia negociar o cachê. Eu disse: Duram vamos, pois a novela está acabando e estou dura, não tenho onde cair morta. Mas tem duas pessoas que eu preciso pedir autorização: cheguei em casa, falei com meu filho, ele tinha 18 anos, expliquei que eu estava dura e ele pediu só para que eu o mandasse para estudar no Canadá. Então liguei para o Vicente [ex-sogro, pai de Marcos Paulo] e ele disse deve, vai, não deixe essa oportunidade passar. Liguei para o Duram e topei. Eu só fiz por isso, por causa de dinheiro.
 
Apesar de estar tendo dificuldades financeiras, a apresentadora direcionou uma parte do cachê para ajudar a melhorar a qualidade de vida de seus pais, que moram no Piauí, Nordeste do país. 
 
- Quando botei a perereca de fora na Playboy, primeira providência foi colocar dois poços artesianos. Cada um custou 30 mil reais. Água cristalina. Onde meus pais moram e ao redor, ninguém mais passa sede, não tem mais vaca caindo de sede lá. Coisa que qualquer prefeitura pode fazer, mas preferem trocar voto por um caminhão pipa. 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados