• Início
  • Notícias
  • Vasco bate Brusque e volta a vencer na Série B do Brasileiro

Vasco marcou no segundo tempo e suportou a pressão do Brusque para levar os três pontos

Vasco bate Brusque e volta a vencer na Série B do Brasileiro

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Rafael Ribeiro/CR Vasco da Gama
Nenê, no segundo tempo, marcou o gol da vitória cruzmaltina por 1 a 0
 
Depois de uma série de quatro tropeços, o Vasco da Gama voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira (24), pela 26ª rodada, o time cruzmaltino foi à Santa Catarina e venceu o Brusque-SC por 1 a 0, gol marcado por Nenê na segunda etapa (veja abaixo). Na classificação, o Gigante da Colina assume o sétimo lugar provisoriamente, com 37 pontos conquistados. Já o time catarinense é o 16º, com 29 pontos.
 
 
Outros dois jogos abriram a rodada. Em Goiânia, o Vila Nova-GO venceu o clássico com o Goiás-GO por 2 a 1. Em Belém, o Remo-PA fez 1 a 0 no Náutico-PE.  
 
O jogo
 
O primeiro tempo no Estádio Augusto Bauer foi bastante movimentado. Logo no início da partida, com nove minutos, o Quadricolor chegou a abrir o placar, porém após auxílio do VAR, o lance foi invalidado por impedimento. O Vasco teve mais a posse de bola no confronto, entretanto o Brusque finalizou mais que a equipe carioca na etapa inicial. Mas, nenhuma das equipes conseguiu marcar nos primeiros 45 minutos. O Cruzmaltino ainda perdeu o lateral Léo Matos, expulso, na reta final do primeiro tempo.
 
Com a superioridade numérica, o Quadricolor iniciou a etapa final pressionando. Vanderlei fez belas defesas para evitar o gol do time mandante. Porém, apesar do cenário adverso, quem inaugurou o marcador foi o Vasco: aos dez minutos, Zeca recebeu na direita, cruzou na grande área, e Nenê pegou de primeira, na segunda trave, para colocar no cantinho de Ruan Carneiro.
 
Atrás no placar, o ímpeto ofensivo do Brusque aumentou. O goleiro vascaíno continuou operando boas defesas em sequência: aos 20 e 23 minutos, ele evitou o empate dos mandantes. A pressão do Quadricolor continuou, mas esbarrou na atuação inspirada do arqueiro vascaíno, que seguiu intervindo na partida. O Brusque terminou o duelo com 24 finalizações, mas não conseguiu furar a barreira cruzmaltina. Com isso, o placar se manteve e o Vasco conquistou os três pontos.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados