• Início
  • Notícias
  • Presidente diz que DAC não joga Estadual com Douradão fechado

Marcos Araújo espera mais agilidade na aprovação do projeto arquitetônico

Presidente diz que DAC não joga Estadual com Douradão fechado

Por Rogério Vidmantas
Imagem: Franz Mendes
Adequações do estádio está com projeto parado na Secretaria de Obras do município
 
O Dourados AC estreou no Campeonato Sul-Mato-Grossense neste ano e terminou com a segunda posição. O resultado fez com que a expectativa para 2022 seja das melhores, ainda mais com a possibilidade de, pela primeira vez, poder jogar com a presença de público. E está aí o problema que pode até tirar o time das competições. Faltando aproximadamente três meses para o próximo Estadual, o Estádio Douradão segue fechado para a presença do torcedor e, segundo o presidente Marcos Araújo, se não puder mandar seus jogos com torcida em Dourados, o DAC fica fora da disputa.
 
De acordo com o dirigente, jogar em Dourados e com a presença do torcedor é primordial para os projetos do DAC, inclusive para poder atrair apoiadores. “Fui uma luta grande essa temporada para jogarmos, cumprimos nossas obrigações sem poder dividir esses momentos com o torcedor. Em 2022, nem se tivermos R$ 5 milhões na conta para gastarmos, sem poder jogar no Douradão com o torcedor, não faz sentido, não vamos disputar”, afirma.
 
O imbróglio em relação ao Estádio Douradão se arrasta há alguns anos. Para poder ser liberado e poder receber torcedor no ano que vem, precisam ser respeitados uma série de protocolos e alguns já teriam sido superados. “Já foi feito o projeto para a CBF e o projeto elétrico. Está parado agora no projeto arquitetônico que está na Secretária de Obras, mas há quatro meses não caminha, não sai de lá”, lamenta o presidente. De acordo com ele, os projetos precisam ser apresentados todos juntos ao Corpo de Bombeiros para aprovação e liberação das obras e, consequente liberação do estádio.
 
Desde a criação, o Dourados AC não teve jogos com torcida. Disputou e venceu a Série B 2020, disputada em fevereiro deste ano por causa da pandemia da covid-19. Na estreia da Série A, jogou contra Águia Negra, Aquidauanense, Operário e Novo na primeira fase. No hexagonal final, enfrentou Comercial, Costa Rica, União ABC, além de jogar mais uma vez contra Aquidauanense e Operário. Todos jogos como mandante no Douradão sem a presença de público.
 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados