• Início
  • Notícias
  • Cooperativismo e potencial brasileiro são debatidos na primeira noite de MasterClass 2021

Cooperativismo e potencial brasileiro são debatidos na primeira noite de MasterClass 2021

Por Marcela Pagani
Unigran EAD
Imagem: Divulgação
Abertura do MasterClass reuniu milhares de espectadores para palestras com personalidades nacionais
 
A primeira noite de palestras do MasterClass 2021 reuniu milhares de espectadores na plataforma digital que transmitiu o maior workshop de Mato Grosso do Sul. José Luiz Tejon e a ministra da agricultura, Tereza Cristina, apresentaram aos participantes reflexões sobre cooperativismo, produtividade e as possibilidades de expansão do agronegócio brasileiro.
 
Realizado em parceria com a Expoagro Digital, a terceira edição do MasterClass trouxe para as telas dos participantes o olhar de especialistas que vivenciam diferentes realidades nos cenários econômicos e que contribuem para a criação de novos conceitos que fortalecem as estruturas e modos de gestão praticados atualmente.
 
 
Luiz Tejon contribuiu com sua fala que reforça o poder do cooperativismo e a necessidade do abandono da zona de conforto para a evolução tanto pessoal como profissional e coletiva. “Demorou para eu entender que o incômodo é a alavanca que nos movimenta. O legítimo poder do incômodo é que faz a humanidade andar e o cooperativismo nasceu de incômodos”, pontuou Tejon.
 
 
O comunicador apresentou parte de sua história e de que forma os incômodos e dificuldades fizeram com que construísse sua trajetória de sucesso e como o cooperativismo fez e faz parte dela. Nas palavras de Tejon, "o cooperativismo é um modelo muito além de econômico e sociológico, é modelo de prosperidade e de felicidade”.
 
 
A segunda palestra da noite foi com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. A ministra destacou de que forma os investimentos em pesquisas e tecnologias pavimentaram o caminho do agronegócio nos últimos 50 anos.
 
 
Tereza salientou que a agricultura é um dos setores mais afetados pelos efeitos das mudanças do clima. Segundo ela, as temperaturas mais altas, mudanças no nosso regime de chuvas, aumento na frequência e na intensidade de eventos climáticos afetam de maneira significativa os trabalhos no campo. 
 
 
“Nós podemos afirmar que o Brasil vem fazendo o seu dever de casa reforçando. Nós temos efetivamente que assumir essa nossa vocação de potência agroambiental global”, reforçou a ministra ao destacar que o país tem buscado a expansão de suas áreas produtivas respeitando o meio ambiente e as práticas sustentáveis.
 
 
Para esta quarta-feira, os participantes podem esperar uma discussão focada também nos potenciais de crescimento produtivo e comercial do Brasil frente a outras nações, com  Luiz Almeida Marins Filho. Também conhecido como Professor Marins, o antropólogo vai compartilhar com o público suas experiências na área de negócios e empreendedorismo. 
 
 
O MasterClass 2021 é transmitido via streaming e para acessar basta realizar a inscrição em masterclass.unigran.br. São parceiros nesta realização o Sistema OCB/MS, Sicredi, Sebrae/MS, Index, Sindicato Rural de Dourados, Expoagro Digital e empresas de vários setores que apoiam a integração da sociedade civil e comunidade acadêmica na busca de novas soluções.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados