• Início
  • Notícias
  • Bebê pelado em capa do Nirvana processa banda por pornografia infantil

Bebê pelado em capa do Nirvana processa banda por pornografia infantil

“Nevermind”, disco do Nirvana, de 1991, trás em sua capa, a imagem de um bebê pelado nadando em direção a uma nota de um dólar. Na ocasião, a criança da foto é Spencer Elden, que atualmente tem 30 anos e resolveu processar a banda por pornografia infantil.
 
De acordo com informações do jornal “The Guardian”, o processo aberto na Califórnia, nos EUA, cita diversas partes e conta com 15 réus, incluindo membros da banda, Courtney Love – viúva de Kurt Cobain -, e a gravadora responsável por lançar e distribuir o álbum nos últimos 30 anos.
 
O jornal informa ainda que, Spencer Elden pede indenização de US$ 150 mil (cerca de R$ 787 mil) de cada um dos integrantes e deseja que o seu caso seja analisado na justiça.
 
Os advogados do rapaz defendem que houve “exploração sexual infantil comercial, desde quando Elden era menor de idade até os dias atuais”. Eles também afirmam que a imagem faz com que Elden se assemelhasse a “um trabalhador do sexo – agarrando-se por uma nota de um dólar”.
 
Spencer conta ainda, que sofreu danos permanentes por conta da capa, como “sofrimento emocional extremo e permanente com manifestações físicas”.
 
processo diz também, que o rapaz da foto nunca recebeu para aparecer na capa e que não houve nenhuma assinatura dos pais autorizando seu direito de imagem na época. Entretanto, de acordo com informações prévias do jornal, os pais de Elden teriam recebido US$ 250 na época para o ensaio exclusivo.
 
 
Spencer Elden reproduziu a capa do Nirvana
Quando tinha 17 anos, em 2008, Spencer Elden chegou a reproduzir a capa famosa do disco do Nirvana. A foto foi divulgada pelo site da MTV norte-americana.
 
Na ocasião, o rapaz novamente mergulhou em uma piscina atrás de uma nota de um dólar, mas, desta vez, usando um short de banho. Elden afirmou na época que “era estranho pensar que tanta gente já me viu pelado – me sinto como a maior estrela pornô do mundo”.
 
Vale lembrar que, ele já havia refeito a imagem em 2001, em uma matéria para a revista “Rolling Stone” norte-americana. Em 2016, o rapaz também reproduziu a capa em um ensaio para o jornal New York Post, marcando o aniversário de 25 anos do álbum “Nevermind”.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados