• Início
  • Notícias
  • Paula Toller faz 59 anos, diz ser ‘feminista sem ser militante’ e fala de fama de não envelhecer

Paula Toller faz 59 anos, diz ser ‘feminista sem ser militante’ e fala de fama de não envelhecer

Imagem: © Yuri Ferreira
Paula Toller, nossa ícone da música popular brasileiro, celebrou, nessa segunda-feira (22) os seus 59 anos. Em uma entrevista à revista Marie Claire, a cantora que possui uma extensa carreira solo e junto do Kid Abelha revelou ser uma ‘feminista sem ser militante’, além de ‘tomar banho no formol’.
 
Aos 59 anos, Paula Toller dá show de ‘conservação’ e parece não envelhecer; cantora se declarou ‘feminista sem ser militante’ e está aguardando para retomar as turnês solo e com o Kid Abelha
 
Ela foi questionada sobre a letra de ‘Garotos’, escrita em parceria com Leoni, como sendo uma letra feminista. Questionada se fazia parte do movimento, Toller disse que ocupou espaços. “[Me considero] feminista sem ser militante. Ocupei um espaço que era meu, espaço físico, de criação e de opinião. No princípio eu nem pensava nisso, fui fazendo as coisas sem perguntar se podia”, afirmou à revista Marie Claire.
 
Conhecida também por sua ‘conservação’, afinal, já está chegando na casa dos 60 podendo se passar por 30, a atriz brincou e disse até ‘tomar banho no formol’, mas ‘não dormir porque resseca’. “Gosto de me sentir jovem, brincalhona, moleca, principalmente no palco. Nunca fui do tipo madame. Eu tomo banho de formol todo dia, mas não durmo, porque resseca a pele”, disse Toller.
 
Paula também foi drasticamente prejudicada pela pandemia, como todo o setor cultural. Ela falou que, em breve, deseja voltar aos palcos, mas aguarda mais segurança e mais brasileiros vacinados para fazer o que mais sabe: cantar suas icônicas canções que dominaram o Brasil nos anos 80. Volta, Paula! Estamos te esperando de volta nos palcos.

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados