• Início
  • Notícias
  • Antonia Fontenelle se defende sobre acusações de preconceito

Antonia Fontenelle se defende sobre acusações de preconceito

Imagem: Reprodução/Instagram
Respondendo a um processo na Justiça que apura o suposto crime de preconceito de raça, Antonia Fontenelle deu uma em entrevista ao “Já é Podcast” e falou sobre a polêmica envolvendo seu nome.
 
“A imprensa inteira me procurou querendo saber desse inquérito que eu vou depor, que o pessoal da Paraíba resolveu imputar um crime racial em mim. Estão fazendo sensacionalismo com o meu nome, politicagem, sei lá o que é. Não vou ter medo, porque contra fatos não há argumentos. Se tem uma coisa que eu não sou é homofóbica, misógina, racista. Tive dois maridos negros, tenho um filho negro, sabe? Noventa e oito porcento dos meus amigos são gays. Então, pode falar o que quiser”, disse a apresentadora no bate-papo
 
 
Entenda a polêmica
Ao se manifestar na rede social sobre o caso de agressão envolvendo o DJ Ivis e a mulher dele, Fontenelle disparou: “Esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”.
 
 
Na sequência, Antonia se defendeu dizendo que sua fala ‘foi força de expressão’. “Paraíba é força de expressão. Quem faz paraibada, como por exemplo bater em mulher, esses machos escrotos que ganham uns trocados e acham que pode tudo. Essa é a mais uma prova de que vocês da máfia digital, são do mal, ignorando um fato tão importante e repugnante como uma mulher ser agredida. A casa de vocês também vai cair anotem.”

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados