Net de Dourados não consegue resolver problema sobre a programação

Publicação inédita

‘Constituição do Estado de Mato Grosso do Sul – Explicada’. Este é o nome do livro que será lançado amanhã no auditório do Sebrae, em Campo Grande, às 8 horas. Trata-se de uma inédita publicação feita pela Academia de Letras Jurídicas de MS, em parceria com a Assembleia Legislativa, Senado Federal e Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de MS. A obra reúne textos de juristas, professores, advogados, delegados de polícia, magistrados e membros do ministério público.

Din-din

Acumulada, a Mega-Sena pode pagar hoje o prêmio de R$ 33 milhões ao apostador que acertar os seis números da sorte. O concurso 1.996 será sorteado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte que está em Bragança Paulista (SP). Caso apenas um ganhador leve o prêmio da Mega-Sena e aplique todo o valor na poupança, receberá cerca de R$ 141 mil em rendimentos mensais. Ou, se preferir, o ganhador pode comprar 220 carros de luxo.

Net

Quem assina a Net em Dourados, antiga TV a Cabo, vem enfrentando um problema que parece ser insolucionável para a operadora. Quase nunca funciona o sistema que informa a programação do que está no ar. O caso se prolonga por dias e nem a visita de técnicos consegue solucionar.

Net, ainda

Ao invés de mostrar para o tepeslectador informações básicas sobre a programação, a Net escreve na tela justamente ao contrário: ‘sem informações’. E o confuso sistema de atendimento ao cliente só sabe informar que se trata de um defeito. Affee!!

Sem Net

Ontem à tarde, por exemplo, cliente ficou tentando falar com a operadora, mas nem o sistema de telefone funcionava. Um caos total e o cliente fica a ver navios. Só que na hora de cobrar a fatura, a empresa faz com muita eficiência. E nem aparecem problemas técnicos. Que barbaridade!

Crédito

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 0,6% na variação mensal com dados dessazonalizados. Em novembro a variação acumulada em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017) caiu 1,8%.

Crédito acumulado

No acumulado no ano houve queda de 1,5% na recuperação de crédito. Na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve alta de 1,9%.

Crédito, ainda

Em termos regionais, na comparação em 12 meses observou-se alta somente na região Sul (4,5%). Para as demais regiões, ficou a seguinte configuração: Norte (-8,3%), Centro-Oeste (-6,4%), Nordeste (-5,6%) e Sudeste (-0,5%).

Crédito, tendência

Apesar da manutenção do indicador de recuperação de crédito em níveis negativos, algumas regiões já começam a apresentar reversão da tendência, indicando uma retomada do consumo, utilização do crédito e consequente aumento do pagamento das dívidas.

Décimo

Funcionários da Fundação de Saúde estavam apreensivos ontem à tarde. Passarinho que voa pelos corredores do Hospital da Vida contou que corria rumor de que o din-din devolvido pela Câmara à prefeitura não será usado para o pagamento do décimo terceiro salário, como eles esperam.

Sem décimo

De acordo com a ave, o boato era de que a prefeitura irá usar o tal din-din para completar a folha referente ao salário do mês passado e que ainda está sendo pago. E uma outra parte iria para aquisição de produtos para a saúde.

Sem décimo, ainda

Piou a ave barrigudinha que o boato provocou temor entre os funcionários, já que o grupo promoveu ato no início desta semana e chegou a ir até a Câmara e à prefeitura pedindo a devolução antecipada da sobra. Vixi!

Agricultura

O setor agrícola tem encabeçado a retomada econômica brasileira após o período de crise. Com o maior crescimento em 21 anos, de 13,4% no primeiro trimestre, o segmento também vem movimentando o mercado online. Em dois anos, a comercialização digital de máquinas pesadas e agrícolas movimentou mais de R$ 135 milhões.

Agricultura, ainda

Os dados são da Superbid, principal plataforma de leilões online da América Latina. O levantamento engloba os leilões realizados entre os anos de 2016 e 2017, que envolveram a venda de 3 mil lotes. No comparativo anual, o setor agrícola apresentou um crescimento de 46% somente em 2017. Até o final do ano, a expectativa é fechar com arrecadação 20% acima da registrada em 2016.

Sumida

Ex-vereadora e ex-deputada estadual, Bela Barros deu o ar de sua graça em evento público. Ela esteve na Câmara acompanhando a sessão solene de entrega de honrarias. À coluna, disse que foi prestigiar o amigo de longa data Shinzuke Ono, que foi um dos homenageados da noite.