EUA anunciam novas medidas para combater efeitos da covid-19

Medidas visam enfrentar “graves perturbações econômicas, diz Fed

 

O Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, informou hoje (23) que começará a respaldar uma gama de créditos sem precedentes para famílias, pequenas empresas e grandes empregadores, em um esforço para compensar as “graves perturbações” econômicas causadas pela pandemia do coronavírus.

As medidas incluem o estabelecimento de novos programas que fornecerão empréstimos estudantis, empréstimos com cartão de crédito e empréstimos garantidos pelo governo norte-americano a pequenas empresas, bem como novos programas para comprar títulos de empregadores maiores e fazer empréstimos a eles.

As compras existentes de Treasuries e de títulos lastreados em hipotecas serão expandidas o quanto for necessário “para apoiar o bom funcionamento do mercado e a transmissão efetiva da política monetária para condições financeiras e econômicas mais amplas”.

Em comunicado, o Fed disse que o esforço, aprovado por unanimidade pelos membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), foi realizado porque “ficou claro que nossa economia enfrentará graves perturbações” como resultado da crise da saúde.