Escolas chinesas usam uniforme com chip para monitorar alunos

compartilhe:

Cada conjunto de uniforme vem com dois chips instalados nos ombros. Os componentes permitem monitorar quando um aluno sai ou entra na escola. Além disso, sistemas de reconhecimento facial nas entradas das escolas conferem se cada estudante está usando o uniforme correto.

Assim, alunos não podem trocar de uniforme para enganar o sistema de monitoramento. Se alguém sair do colégio antes do horário, um alarme é disparado. O objetivo, segundo as escolas que utilizam o novo sistema, é “incentivar” a presença dos estudantes e reduzir índices de faltas.

De acordo com o jornal The Epoch Times, não é só isso que os uniformes “inteligentes” fazem. Eles também estariam sendo usados para detectar quando um aluno cai no sono durante a aula, além de permitir transações online, como compras de lanches na cantina, por exemplo.

A empresa que fabricou os uniformes se chama Guizhou Guanyu Technology. Segundo ela, cada conjunto é resistente a temperaturas de até 150 graus Celsius e aguenta até 500 ciclos de lavagem. Além da escola, os pais das crianças também podem monitorar as informações coletadas pelas roupas através de um app para celular.

Embora a tecnologia só esteja sendo divulgada agora, parece que ela já está em uso há um bom tempo. Já são 10 escolas na província de Guizhou utilizando a tecnologia. De acordo com o diretor de um dos colégios, mais de 800 estudantes usam os uniformes com chip pelo menos desde 2016.

O sistema é usado para monitorar os estudantes dentro das escolas, mas, aparentemente, nada impede, do ponto de vista técnico, que ele seja usado para rastrear os alunos fora do horário de aula. “Nós optamos por não conferir a localização exata dos estudantes depois da aula”, diz Lin Zongwu, diretor de um dos colégios que usam a tecnologia.(Olhar Digital)

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS