São bento 01

Com ministro Moro, Murilo pede reforço em patrulhamento na fronteira

compartilhe:

Do Douranews

Governador em exercício, Murilo Zauith (DEM) está cumprindo extensa agenda de compromissos em Brasília desde segunda-feira (12), apresentando projetos para investimentos do Governo Federal em setores estratégicos de Mato Grosso do Sul.

Na manhã desta quarta-feira (14), durante café da manhã com o ministro da Justiça, Sergio Moro, Murilo reiterou os pleitos do Estado com relação ao reforço de mais patrulhamento nas faixas de fronteira. “Mato Grosso do Sul não pode continuar sendo o corredor da droga que entra pelo Paraguai e a Bolívia”, justificou.

Na terça (13), o governador em exercício esteve com o diretor-geral do Dnit (Departamento nacional de infraestrutura e transporte), Antônio Leite dos Santos Filho, com quem falou da necessidade de manutenção de três rodovias federais estratégicas para o deslocamento e escoamento da produção do Estado. A BR 262, entre Três Lagoas e Corumbá, BR 265, entre Jardim e Porto Murtinho e a BR 463, em Dourados. O presidente da Agesul (Agência estadual de Empreendimentos), Luis Roberto Martins Araújo, acompanhou Murilo.

Ainda em Brasília, o governador em exercício ainda acompanhou a tramitação no Senado Federal do projeto de investimentos em programa de modernização fiscal e de tecnologias pleiteado por Mato Grosso do Sul, o ProFisco II, que prevê recursos da ordem de 53 milhões de dólares, aprovado com a articulação do senador Nelsinho Trad (PSD) e da senadora Soraya Thronicke (PSL), integrantes da bancada do Estado no Congresso.

Murilo também apresentou à ministra Tereza Cristina, do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), projeto que reivindica recursos federais para recuperar os acessos de pelo menos 200 assentamentos, aldeias e comunidades rurais do Estado, visando facilitar o acesso das famílias de trabalhadores ao mercado.

Foto: Divulgação

Jeep

WHATSAPP DIÁRIO

Logo whatsapp Diario MS